SKF implementa novo modelo de distribuição para o mercado industrial

2011 Fevereiro 24, 15:26 BRT

A SKF do Brasil, empresa líder mundial em rolamentos e soluções industriais, fortalece o processo de certificação de seus distribuidores autorizados, capacitando estes parceiros para realizar serviços de manutenção, agregando valor ao que oferece a seus clientes. O Certified Maintenance Partner (CMP), denominação máxima de um distribuidor industrial, substitui o conceito Value Partner, implementado há 10 anos pela companhia.


"O objetivo principal do novo modelo é reduzir o custo total da operação dos clientes finais, através de uma sinergia entre a SKF e seu distribuidor CMP", explica Mauro Luna, diretor de Vendas Industriais da SKF do Brasil.


O distribuidor CMP realizará avaliações preliminares do estado das máquinas, desenvolverá bases de dados, coletará e analisará estas informações, além de gerar relatórios com recomendações. Para garantir este tipo de diferencial, os distribuidores CMP utilizarão avançados equipamentos e software de confiabilidade de máquinas, fornecidos pela companhia, e a garantia da qualidade do serviço será obtida por meio de um sistema de auditoria conduzido pela própria SKF.


Além dos distribuidores CMP, este ano, a companhia passa a nomear ainda os distribuidores especialistas em soluções complementares ao rolamento, tais como vedações, produtos de transmissão de potência e sistemas de lubrificação. Estes distribuidores, com sua expertise em uma determinada linha de produtos, assegurarão ainda mais a qualidade ao atendimento dos clientes do mercado industrial.


"Os CMPs e os distribuidores especialistas manterão a já conhecida excelência logística da SKF, porém irão além, com a transferência tecnológica ao cliente final. O objetivo principal desses distribuidores será a redução de paradas de máquinas e o aumento da eficiência no uso de ativos", conclui Luna.



 Sobre a SKF

O grupo sueco SKF é líder mundial nas plataformas de rolamentos, vedações, sistemas de lubrificação, mecatrônica e serviços na área de confiabilidade em manutenção industrial. Dono de um faturamento de US$ 9,5 bilhões em 2010, o grupo está presente em 25 países, com mais de 120 plantas industriais.


A companhia chegou ao Brasil em 1915, oito anos depois de sua fundação na Suécia. No país, a empresa é líder de mercado nos setores em que atua. A produção da unidade brasileira está concentrada na planta industrial de Cajamar, instalada às margens da rodovia Anhanguera, a 30 km da cidade de São Paulo, onde são produzidos rolamentos para veículos leves.

SKF logo