SKF cresce 20% no setor de mineração

2011 Setembro 21, 13:31 BRT

SKF cresce 20% no setor de mineraçãocom vendas de equipamentos sustentáveis

 

A divisão industrial da unidade brasileira da SKF, que fornece rolamentos e outros componentes para vários segmentos industriais, encerrou os oito primeiros meses deste ano com crescimento de 20% no setor de mineração em relação ao mesmo período de 2010. As vendas para este segmento ajudaram a companhia a aumentar sua presença nas companhias mineradoras e cimenteiras, que passou a atender 30% das empresas que atuam neste setor.  

 

 "O setor de mineração tem procurado atuar sustentavelmente ao longo da última década. A SKF tem investido em pesquisa e desenvolvimento de componentes e soluções que sejam mais leves, resistentes e econômicos. A sustentabilidade dos produtos também deve ser um diferencial competitivo nas operações industriais do segmento", explica Rafael Costa, gerente de contas do segmento de Mineração e Cimento da SKF e um dos representantes da companhia na Exposibram.

A empresa sueca participa da Exposibram 2011 - 14º Congresso Brasileiro de Mineração, de 26 a 29 de setembro em Belo Horizinte (MG), com o objetivo de apresentar as novidades tecnológicas desenvolvidas para as mineradoras e como elas estão ajudando as empresas do segmento a aumentarem sua produtividade e se tornarem mais sustentáveis.

Durante o evento, a SKF apresenta algumas de suas soluções para o setor. A empresa vai expor rolamentos industriais, sistemas de lubrificação, correias, alinhador de polias, serviços de engenharia, entre outros.

Produtos mais leves, resistentes e econômicos devem alavancar vendas

Os rolamentos autocompensadores de rolos da SKF são mais resistentes e econômicos. Por este motivo, podem suportar cargas radiais e axiais pesadas em aplicações com tendência ao desalinhamento ou à deflexão do eixo, além de consumir menos lubrificante. As vedações de contato e a graxa de alta qualidade são outras aplicações que ajudam a melhorar o desempenho e aumentar a vida útil das máquinas. O equipamento ajuda a reduzir energia e custo operacional.

O serviço de repotencialização de rolamentos é outra aposta da SKF para o segmento. Por meio de práticas de engenharia avançada, é possível reaproveitar um rolamento desgastado e colocá-lo novamente nos equipamentos industriais sem ter de produzir um novo rolamento, contribuindo com a redução do consumo de recursos naturais.

Além destes equipamentos e serviços, a SKF continuará reforçando sua atuação junto às mineradoras por meio de soluções de monitoramento. Entre os produtos, destaques para o Baker Explorer 3000, equipamento de análise preditiva em motores elétricos; o DMx, WMX e o IMx, sistemas de monitoramento online de vibração e proteção.

O alinhador de eixos a laser, coletores e analisadores de dados de vibração com espectro de frequência, sistema de proteção de turbo máquinas, câmeras termográficas de inspeção mecânica e elétrica, coletor de dados para rotinas de inspeção em campo, entre outros, são alguns dos produtos e serviços que a empresa terá em exposição durante a Exposibram 2011.

Apesar do bom desempenho obtido com as mineradoras ao longo deste ano, a SKF já traçou um plano de negócios até 2015: pretende triplicar as vendas e participação no segmento de mineração para atingir as metas determinadas pela companhia. Para conquistar este objetivo, a companhia aposta na venda de produtos e soluções que atendam às políticas sustentáveis do setor, como o rolamentos de eficiência energética (E2), rolamentos de rolos esféricos vedados, repotencialização de rolamentos e os lubrificantes automáticos, por exemplo.

Lançado há pouco menos de um ano no País, o rolamento E2 é uma das aplicações industriais desenvolvidas pela SKF com o intuito de diminuir o consumo de energia em motores elétricos. Por meio desta solução, as empresas conseguem reduzir o consumo energético em até 30%. "Esse componente está há pouco tempo no Brasil e já foi bem aceito pelo mercado. Pretendemos triplicar as vendas deste rolamento num curto espaço", sinaliza o executivo.


SKF industrial

A unidade de negócios industriais da SKF Brasil, que fornece rolamentos e outros componentes para vários segmentos industriais, também fechou 2010 em expansão. As vendas cresceram 25% frente a 2009.

A divisão industrial da SKF atua em duas frentes: venda de produtos e execução de serviços em manutenção industrial. Os produtos da empresa, como rolamentos, correias, polias, acoplamentos e correntes, ajudam a aumentar a transmissão de potência das indústrias e a reduzir os custos das operações com paradas não programadas em máquinas e equipamentos. Por meio da execução de serviços, a companhia faz manutenção preditiva e proativa em sistemas rotativos e ajuda grandes conglomerados a obter mais eficiência na gestão de ativos.

A divisão abastece 532 plantas em todo o País, resultado 13% superior ao verificado em 2009. Os componentes fornecidos pela SKF são usados na fabricação de produtos linha branca, na produção de máquinas-ferramenta e nos maquinários das indústrias de papel e celulose, siderurgia, mineração, entre outros.

A SKF também presta serviços de manutenção industrial no mercado brasileiro. Com a expansão da economia, a demanda pelos serviços cresceu e as vendas desta área registraram crescimento de 8% até julho deste ano. Os 30 clientes de serviços da SKF estão concentrados nos setores de papel e celulose, siderurgia, mineração, alimentos e bebidas, além do setor de petróleo e energia. Deste total, 17 têm contrato de desempenho com a SKF, que assume os riscos em eventuais falhas ocorridas em sistemas monitorados pela SKF. Segundo a ABRAMAN (Associação Brasileira de Manutenção), os investimentos destinados pelas empresas à manutenção chegam a 4,8% do PIB nacional.


Serviço:

Evento: Exposibram 2011 - 14º Congresso Brasileiro de Mineração

Data: de 26 a 29 de setembro

Local: Centro de Feiras e Convenções de Minas Gerais - EXPOMINAS
Av.Amazonas, 6030 - Bairro da Gameleira - Belo Horizonte, Minas Gerais

Horário: das 13h às 21h

Mais informações:www.exposibram.org.br

SKF logo