SKF e Scania fecham contrato de R$ 38 milhões

2012 Março 14, 09:57 BRT

Acordo prevê fornecimento de rolamentos de rodas e transmissão até 2015
 
A SKF do Brasil acaba de fechar um contrato de R$ 38 milhões com a subsidiária da Scania no País. O contrato inclui o fornecimento de rolamentos de roda e transmissão para a montadora sueca de caminhões até 2015.
 
"O Brasil está em franca expansão e representa um mercado muito importante para a SKF. Nós investimos bastante para atender os nossos clientes e, no ano passado, ampliamos a nossa fábrica em Cajamar para produzir rolamentos de cubo para carros", afirmou Tom Johnstone, presidente mundial e CEO da SKF.
 
Todos os rolamentos fornecidos à Scania no Brasil serão importados das unidades da SKF na Alemanha, Suécia, França e Índia. A partir de 2013 os componentes serão produzidos no complexo industrial de Cajamar, em São Paulo.
 
Com a assinatura deste contrato, a SKF planeja aumentar as receitas da divisão automotiva nos próximos três anos. "Estamos otimistas com o cenário e com a possibilidade de fecharmos mais contratos. Esperamos dobrar o volume de novos negócios até 2015", revela Eduardo Mendes de Oliveira, coordenador de vendas automotivas da SKF do Brasil.
 
A SKF fornece rolamentos para as mais diversas aplicações da linha pesada em caminhões, ônibus, trailers para atender os principais players deste setor. Somente no ano passado os negócios realizados com o segmento de veículos pesados representaram 15% do faturamento da divisão automotiva da SKF do Brasil.
 
A companhia tem uma importante atuação local no segmento de pesados. A companhia estima que 58% dos modelos da frota nacional de pesados possuem algum tipo de solução ou produto da SKF.
 
 

Segmento automotivo

A SKF atua no mercado automotivo com diversos produtos e soluções em rolamentos aplicados em rodas, caixas de câmbio, embreagem, motor (incluindo sistemas auxiliares e turbo chargers), sistemas de direção (incluindo direção elétrica), suspensão, além de rolamentos sensorizados para aplicações em sistemas que requeiram integração mecânica e eletrônica.
 
A SKF é líder no fornecimento de rolamentos para veículos leves no mercado local, onde também fabrica e comercializa rolamentos HBU-2 para rodas, com sensor de ABS, antecipando a exigência da legislação brasileira que prevê adoção o uso do dispositivo nos carros fabricados a partir de 2014. A outra parte do canal produtivo é destinada à fabricação rolamentos cônicos de primeira geração.
 
Em outubro de 2011 a SKF inaugurou sua segunda unidade no País, no complexo industrial de Cajamar, com investimentos de R$ 13,5 milhões, totalmente destinada à produção de rolamentos de roda de segunda geração (HBU2). A capacidade de produção anual da SKF no Brasil é de 37,6 milhões de rolamentos. Em 2010, a companhia produziu 32 milhões de rolamentos.
 

Raio-x do setor automotivo da SKF do Brasil

Faturamento em 2011: R$ 400 milhões
Segmentos de atuação: Montadoras e reposição
Principais soluções oferecidas: Rolamentos (câmbio, roda, motor, embreagem, suspensão, direção), cruzetas, atuadores hidráulicos, bombas d'água, correias, polias
Principais clientes: Ford, Fiat, General Motors, Volkswagen, Peugeot, Renault, Daewoo, Scania, Volvo, MAN (VW caminhões), Mercedes Benz, Agrale, IVECO, Hyundai, Suzuki e Honda
 
 

Raio-x da SKF do Brasil

Faturamento em 2011: R$ 800 milhões
Funcionários: 1050
Capacidade de produção de rolamentos em Cajamar (com nova fábrica): 37,6 milhões/ano
Rolamentos produzidos em 2011: 29,8 milhões
Principais setores de atuação: Automotivo, Papel e Celulose, Mineração, Metalurgia, Ferroviário, Sucroalcooleiro
Participação do Brasil nos negócios globais da companhia (2011): 6%
Percentual da produção destinada ao mercado externo (2011): 25%

SKF logo