Embalada pela expansão do setor ferroviário, SKF cresce 40% e mira novas encomendas

2013 Fevereiro 28, 09:39 BRT

A expansão da malha ferroviária e o aumento da demanda por produtos e serviços para trens de passageiros, locomotivas e vagões de carga impulsionaram os negócios da SKF no setor férreo. A empresa sueca encerrou 2012 com faturamento de R$ 6 milhões no segmento ferroviário, o que representa um acréscimo de 40% em relação a 2011. Para continuar crescendo nesse setor, a SKF pretende aumentar sua oferta de produtos e serviços aos fabricantes e usuários do segmento.
 
“Estamos ampliando a quantidade de soluções para esse setor, estratégico para os negócios da companhia. São dezenas de produtos com tecnologia de ponta e engenharia avançada que ajudam a economizar o consumo de combustível, diminuir o peso do maquinário e da carga transportada e a reduzir as paradas não-programadas das máquinas”, esclarece André Rodrigues, consultor de vendas da SKF do Brasil.
 
A SKF também está de olho no potencial desse mercado. De acordo com estimativas do setor, as empresas movimentam anualmente cerca de R$ 80 milhões no Brasil apenas com aquisição e manutenção de rolamentos. “Há muitos vagões e locomotivas em operação e muitas outras por vir. Precisamos aproveitar ao máximo as oportunidades e conquistar a liderança rapidamente”, conta o executivo. “Até 2015 pretendemos faturar cerca de R$ 12 milhões”, prevê.
 
No Brasil, a SKF fornece vedações, lubrificantes e sistemas de lubrificação para friso de roda, rótulas e produtos de transmissão de potencias; realiza monitoramento e análise das máquinas e equipamentos como motores  tração e geração, redutores e rolamentos de roda; oferece serviços de repotencialização de rolamentos, treinamentos e outros produtos e serviços destinados ao setor ferroviário.
 
SKF industrial
 
A divisão industrial da SKF atua em duas frentes: venda de produtos e execução de serviços em manutenção industrial. Os produtos da empresa, como rolamentos, correias, polias, acoplamentos e correntes, ajudam a aumentar a transmissão de potência de equipamentos industriais e a reduzir os custos das operações com paradas não programadas em máquinas e equipamentos. Por meio da execução de serviços, a companhia faz manutenção preditiva e proativa em sistemas rotativos e ajuda grandes conglomerados a obter mais eficiência na gestão de ativos.
 
A unidade de negócios industriais da SKF Brasil, que fornece rolamentos e outros componentes para vários segmentos industriais, também fechou o primeiro semestre de 2012 em expansão. As vendas cresceram 5% frente ao mesmo período do ano anterior.
 
A divisão abastece cerca de 500 plantas em todo o País. Os componentes fornecidos pela SKF são usados na mineração, siderurgia, fabricação de produtos linha branca, na produção de máquinas-ferramenta e nos maquinários das indústrias de papel e celulose, entre outros.
 
Os clientes de serviços da SKF estão concentrados nos setores de papel e celulose, siderurgia, mineração, alimentos e bebidas, além do setor de petróleo e energia. Outros clientes têm contrato de desempenho com a SKF, que assume os riscos em eventuais falhas ocorridas em sistemas monitorados pela SKF.

SKF logo