SKF lança novo sensor de monitoramento de condições adequado a ambientes perigosos

  • Artigo

    2014 Maio 26, 13:00 CEST

    O novo SKF Wireless Machine Condition Sensor fornece monitoramento de condições para grandes fábricas ou em locais perigosos e de difícil acesso.

    Gotemburgo, Suécia – 26 de maio de 2014: A SKF lança hoje o SKF Wireless Machine Condition Sensor, que usa o protocolo de comunicação WirelessHart e fornece dados dinâmicos de vibração e temperatura para monitoramento de condições e aplicações de diagnóstico das máquinas. O produto tem a certificação ATEX Zone 0, que significa que também pode ser usado em ambientes perigosos, por exemplo, aqueles encontrados em indústrias petroquímicas, farmacêuticas e de petróleo e gás. O SKF Wireless Machine Condition Sensor reúne o nó de roteamento e sensor em uma unidade compacta operada à bateria do tamanho de um acelerômetro industrial normal.

    Os SKF Wireless Machine Condition Sensors comunicam-se entre si e com uma porta sem fio, criando uma rede de malha. Esse tipo de rede e protocolo de comunicação é ideal para monitorar máquinas rotativas em grandes fábricas, locais de difícil acesso ou em áreas onde a comunicação WiFi tradicional não funciona.

    “O novo SKF Wireless Machine Condition Sensor oferece recursos de monitoramento que podem ser impossíveis em sistemas cabeados ou dispositivos portáteis. Isso leva, consequentemente, a custos mais baixos de monitoramento de condições, bem como a uma abordagem mais segura ao monitoramento das máquinas”, diz Jan Hendrik van der Linden, gerente de linha de produtos da SKF. 

    Com o novo produto, os usuários podem desfrutar de um programa de manutenção aprimorado, custos mais baixos de manutenção e instalação, maior segurança dos funcionários e máquinas, e compatibilidade com o estabelecido pacote de software SKF @ptitude Analyst.

    O SKF Wireless Machine Condition Sensor funciona no modo de baixo consumo de energia, permitindo que a bateria dure por anos no campo. Entre os recursos de comunicação estão retransmissão de dados de um nó para outro, retransmissão de dados de volta à porta e recepção de comandos automatizados do software Wireless Sensor Device Manager que iniciam os circuitos de medição e processamento para tomar os dados e transmití-los novamente pela rede. Se um nó não puder receber sinais diretamente da porta WirelessHART, em vez disso, ele enviará e receberá os dados através de um nó próximo que poderá passar os dados de e para a porta – criando, por fim, a rede de malha.

    Assim que os dados são coletados, a porta WirelessHART comunica-se com o software Wireless Sensor Device Manager fornecido pela SKF. O Device Manager então exporta automaticamente os dados para o SKF @ptitude Analyst, um pacote completo de software para diagnóstico e análise, em que um engenheiro da unidade pode analisar os dados e determinar um curso de ação.



    Aktiebolaget SKF
    (publ.)


    Para obter mais informações, entre em contato com:
    Assessoria de imprensa: Nia Kihlström, Comunicações do Grupo SKF, +46 31-337 2897; +46 706 67 28 97; nia.kihlstrom@skf.com


    A SKF é uma das principais fornecedoras globais de rolamentos, vedações, mecatrônica, sistemas de lubrificação e serviços que incluem suporte técnico, serviços de manutenção e confiabilidade, consultoria em engenharia e treinamento. A SKF é representada em mais de 130 países e possui cerca de 15 mil distribuidores em todo o mundo. As vendas anuais em 2013 foram de 63,597 bilhões de coroas suecas e a empresa empregava 48.401 funcionários. www.skf.com

    SKF® é uma marca registrada do Grupo SKF.
    BeyondZero™ é uma marca comercial do Grupo SKF.

  • Imagem

Download do kit de imprensa

Kit de imprensa (571 KB)

SKF logo