Relatório O Poder do Futuro: Retificação inteligente

2015 Fevereiro 04, 08:45 CEST

Com a rápida evolução da tecnologia no setor de produção, até mesmo os processos estabelecidos, como a retificação, podem ser revolucionados, afirma Ulf Sjöblom, diretor de pesquisa e desenvolvimento da SKF.

A retificação de precisão de anéis do rolamento e rolos é um processo estabelecido, que foi aplicado, testado e analisado ao longo de vários anos. Até recentemente, a opinião comum de diversas empresas de retificação tem sido que a tecnologia está perto de seu pico e que há um escopo restrito para um desenvolvimento técnico novo ou significativo.

Na SKF, milhões de peças de rolamentos são retificadas a cada ano em nossas fábricas no mundo inteiro, e isso fez com que nossos engenheiros adotassem uma abordagem diferente. Eles combinaram as suas técnicas de engenharia do conhecimento com o poder das mais recentes tecnologias de máquinas inteligentes. O resultado é um grande avanço, que oferece maior precisão, tempos de ciclo mais rápidos e qualidade ainda maior do produto para o processo de retificação.

Em uma retificadora típica de rolamento, a qualidade dos anéis e rolos produzidos é deteriorada durante a vida útil do rebolo, pois ele se desgasta continuamente. À medida que o desgaste do rebolo avança, a variação de qualidade das superfícies do componente retificado aumenta; normalmente, nos anéis e rolos de rolamento em rolamento, isso se manifesta como uma alteração na rugosidade superficial e no diâmetro e dispersão cônica. Além disso, a inconsistência na qualidade das peças de entrada também resultará em uma maior variação.

Isso levou inevitavelmente a ajustes nos processos de fabricação para garantir que a qualidade do produto permaneça no nível mais alto possível. Na prática, à medida que cada rebolo se desgasta, a velocidade da retificadora precisa ser reduzida para manter o nível correto de qualidade. A capacidade de produção é, portanto, determinada pela velocidade mais lenta para garantir que as demandas de qualidade sejam atingidas.

A equipe de engenharia da SKF sabia que, com a tecnologia de controle certa, avanços consideráveis poderiam ser feitos. O ponto de partida foi capturar os vários anos de experiência e conhecimentos de especialistas em retificação da empresa e combinar isso com uma compreensão detalhada do processo de retificação, isso incluiu a interação física entre os rebolos e os diferentes componentes do rolamento, além da funcionalidade mecânica e eletrônica de cada retificadora.

Os engenheiros da SKF começaram então a desenvolver uma solução que utilizasse os mais recentes avanços no controle da máquina inteligente, sensores, software e técnicas de monitoramento de processos.

O resultado é o Sistema de Retificação Inteligente (IGS), que incorpora uma linha de sensores de processo e dispositivos de medição que fornecem informações, incluindo a emissão acústica, a potência e a força de retificação, para um controlador de máquina sofisticado.

Isso permite que o sistema avalie continuamente a condição do processo de cada rebolo e faça ajustes automáticos e instantâneos nas configurações da máquina. Na prática, isso significa que cada componente tem um único conjunto de parâmetros de retificação, mas é idêntico, em termos de qualidade de acabamento, a qualquer outra peça fabricada em cada máquina. O IGS produz peças consistentes e sem defeitos, porém em tempos de ciclo mais rápidos do que qualquer coisa que possa ter sido obtida anteriormente.

Esse sistema teria sido impossível alguns anos atrás, já que os dispositivos de controle não eram potentes o suficiente para monitorar e controlar o processo de retificação em tempo real. Agora, o IGS é capaz de interpretar dados, tomar decisões inteligentes e adaptar às condições operacionais da máquina em milissegundos. O resultado é uma usinagem mais rápida, precisão ainda maior e resultado aprimorado, sem a necessidade de intervenção humana.

Para que o IGS obtenha seu potencial máximo, ele deve ser usado com a mais recente geração de retificadoras, que estão sendo produzidas utilizando tecnologias de fabricação inteligentes e de sofisticação semelhante.

É essa extraordinária integração de sistemas de máquinas mecânicas e eletrônicas de precisão de engenharia, com a nova geração de inteligência de máquina, que permite à SKF transformar a face da tecnologia de retificação, oferecendo eficiência na linha de produção e verdadeiras vantagens para o cliente.

SKF logo