Fornecimento responsável

Como empresa global com operações de fabricação e vendas no mundo todo, dependemos de muitos de nossos fornecedores para garantir entregas pontuais para nossos clientes. Os nossos fornecedores são uma “extensão” da operação em nossas próprias instalações de produção e infraestrutura. Portanto, esperamos o mesmo alto nível de compromisso de nossos fornecedores, acima do tudo, no que se refere ao compromisso ambiental e com o código de conduta.

Para transmitir nossas exigências e expectativas a nossos fornecedores, publicamos o Código de Conduta da SKF para Fornecedores e Subcontratantes (2008), e uma referência clara a esse código é feita nas Condições Gerais de Compra da SKF.

Das palavras às ações

Para apoiar a implementação e o controle da conformidade do fornecedor com o código, implementamos procedimentos, ferramentas e abordagens, como:
  • Todos os novos fornecedores são solicitados a assinar e, portanto, a concordar formalmente com a adoção do Código de Conduta da SKF para Fornecedores e Subcontratantes, da Política de Meio Ambiente, Saúde e Segurança (EHS) da SKF e do conceito Defeito Zero como padrão de desempenho e conformidade;
  • Todos os novos fornecedores de materiais diretos precisam ser aprovados por meio de uma auditoria no local, em que é auditada a conformidade com os requisitos EHS e com o Código de Conduta para Fornecedores e Subcontratantes;
  • Todos os principais fornecedores devem emitir um código de conduta compatível com o da SKF e ser certificados de acordo com o sistema de gestão ISO 14001; 
  • Todos os principais fornecedores com alto consumo de energia devem emitir relatórios sobre as emissões de carbono advindas da utilização de energia;
  • Todos os principais fornecedores são auditados regularmente (pelo menos uma vez a cada três anos), sendo a conformidade com as exigências EHS e do Código de Conduta parte do escopo da auditoria;
  • Uma ferramenta de avaliação de risco é utilizada para ajudar a identificar fornecedores menores de alto risco, com base em sua relatividade em aspectos como localizações geográficas, número de funcionários, exposição ao risco em termos de meio ambiente, saúde e segurança, bem como violações de direitos humanos e trabalhistas. Os fornecedores de alto risco identificados são subsequentemente submetidos a auditorias adicionais pela SKF.

Um Comitê de Fornecimento Responsável foi estabelecido em 2009 para definir estratégias e determinar ações apropriadas quando desvios críticos são identificados nos fornecedores. Um sistema de fornecimento responsável também foi introduzido em 2009 e desenvolvido em 2010 para aprimorar o processo de fazer cumprir o Código de Conduta.

Com mais de 10 mil fornecedores situados por todo o mundo, consideramos o fornecimento responsável como uma viagem, em vez de um destino. Somente trabalhando passo a passo, aprimorando continuamente nossos processos existentes, é que podemos fazer progressos firmes em compartilhar com nossos fornecedores o nosso compromisso com um desenvolvimento e crescimento comercial responsável e sustentável. 


O Código de Conduta da SKF para Fornecedores e Subcontratantes é a fundação do programa de fornecimento responsável da SKF. Leia mais sobre isso no Portal do Fornecedor SKF.

SKF logo