Métodos de fixação

Rolamentos com furo cilíndrico

Os anéis do rolamento que têm um ajuste interferente são geralmente montados de maneira que o anel funcione de encosto para um ressalto no eixo ou no mancal de um lado (fig. 1). No lado oposto, os anéis internos são normalmente fixos utilizando-se porcas de segurança, conforme mostrado na seção Porcas de segurança, como, por exemplo, do tipo KM + MB (fig. 2) ou por placas de extremidade (fig. 3) anexadas à extremidade do eixo. Geralmente, os anéis externos são retidos pela tampa de fechamento do mancal (fig. 4) ou possivelmente, em casos especiais, por um anel rosqueado (fig. 5).
Em vez de ressaltos integrados no eixo ou no mancal, é geralmente mais conveniente utilizar buchas ou colares espaçadores entre os anéis do rolamento ou entre um anel do rolamento e um componente adjacente, como, por exemplo, uma engrenagem (fig. 6). A fixação em um eixo também pode ser realizada, utilizando um colar separador posicionado em uma ranhura do eixo e retido por um segundo anel de peça única ou pelo anel interno do rolamento.
O uso de anéis de retenção para a fixação axial de rolamentos economiza espaço, permite montagem e desmontagem rápidas e simplifica a usinagem de eixos e diâmetros dos mancais. Se cargas axiais moderadas ou pesadas tiverem que ser suportadas, um anel de encosto deverá ser inserido entre o anel do rolamento e o anel de retenção, de modo que o anel de retenção não seja submetido a momentos de curvatura excessivos (fig. 7). A folga axial comum entre o anel de retenção e a ranhura para anel de retenção pode ser reduzida, se necessário, pela escolha de tolerâncias adequadas para o anel do encosto ou pelo uso de calços. Os rolamentos com uma ranhura para anel de retenção no anel externo (fig. 8) podem ser fixos de uma maneira bem simples e economizando espaço, utilizando-se um anel de retenção (consulte a seção Rolamentos rígidos de uma carreira de esferas).
Outros métodos de fixação axial que são adequados, especialmente para arranjos de rolamento de alta precisão, envolvem a utilização de ajustes de pressão, como, por exemplo, na forma de arranjos de bucha escalonados. Detalhes adicionais são encontrados no catálogo da SKF "Rolamentos de alta precisão"

Rolamentos com furo cônico

Rolamentos com furo cônico, montados diretamente sobre munhões cônicos, geralmente são geralmente presos no eixo com uma porca de fixação (fig. 9).
Ao utilizar uma bucha de fixação em um eixo escalonado, a porca de fixação prende o rolamento em relação à bucha e um anel espaçador é inserido entre o ressalto e o anel interno do eixo no outro lado (fig. 10). Onde eixos lisos sem encostos integrados forem utilizados (fig. 11), o atrito entre o eixo e a bucha controla a capacidade de carga axial do rolamento (consulte as seções
  • Rolamentos autocompensadores de esferas e
  • Rolamentos autocompensadores de rolos.
O local em que os rolamentos são montados, em uma bucha de desmontagem ou um encosto, como por exemplo, um anel espaçador, que geralmente é feito como um anel de labirinto, deve apoiar o anel interno. A própria bucha de desmontagem está fixa axialmente por uma placa de extremidade ou uma porca de fixação (fig. 12).
SKF logo