Manutenção da pré-carga correta

Ao selecionar a força de pré-carga para um arranjo de rolamentos, deve-se lembrar que a rigidez é aumentada apenas marginalmente, quando a pré-carga excede um valor ideal determinado, enquanto o atrito e, consequentemente a geração de calor, aumentam e há uma redução significativa na vida útil do rolamento como resultado da carga adicional em constante atuação. O diagrama 1 indica o relacionamento entre a vida do rolamento e a pré-carga/folga. Por causa do risco que uma pré-carga excessiva acarreta para a confiabilidade operacional de um arranjo de rolamentos, e por causa da complexidade dos cálculos normalmente necessários para estabelecer a força de pré-carga adequada, é aconselhável consultar o serviço de engenharia de aplicação da SKF.
Também é importante, ao ajustar a pré-carga de um arranjo de rolamentos, que o valor estabelecido da força de pré-carga, determinado por cálculo ou por experiência, seja obtido com a menor dispersão possível. Isso significa, por exemplo, para arranjos de rolamentos com rolamentos de rolos cônicos, que os rolamentos devem ser girados várias vezes, durante o ajuste, para que os rolos não tenham um desvio angular e para que as extremidades dos rolos estejam em contato correto com o flange-guia do anel interno. Se esse não for o caso, os resultados obtidos durante a inspeção ou por medições serão falsos e a pré-carga final poderá ser muito menor que o valor exigido.
SKF logo