Considerações para pré-carga

Dependendo do tipo de rolamento, a pré-carga pode ser radial ou axial. Os rolamentos de rolos cilíndricos, por exemplo, podem ser pré-carregados radialmente apenas, por causa de seu projeto, enquanto os rolamentos axiais de esferas e rolamentos axiais de rolos cilíndricos podem ser pré-carregados axialmente apenas. Os rolamentos de uma carreira de esferas de contato angular e os rolamentos de rolos cônicos (fig. 1 e fig. 2), normalmente sujeitos à pré-carga axial, geralmente são montados juntamente com um segundo rolamento do mesmo tipo e tamanho em um arranjo em O (as linhas de carga divergem) ou em X (as linhas de carga convergem). Rolamentos rígidos de esferas também podem ser pré-carregados axialmente. Sendo assim, o rolamento deve ter uma folga interna radial maior que o normal (como C3), de maneira que, assim como com rolamentos de esferas de contato angular, seja obtido um ângulo de contato superior a zero.
Tanto para rolamentos de rolos cônicos quanto para rolamentos de esferas de contato angular, a distância L entre os centros de pressão é maior quando os rolamentos são dispostos em O ( fig. 3 e fig. 4), em comparação com rolamentos que são dispostos em X (fig. 5) e fig. 6). Isso significa que os rolamentos dispostos em O podem acomodar momentos de inclinação relativamente grandes, mesmo se a distância entre os centros do rolamento for relativamente curta. As cargas radiais e a deformação do rolamento oriunda da carga de momento é menor para rolamentos dispostos em O do que para rolamentos dispostos em X.
Se a operação da temperatura do eixo for maior do que a temperatura do mancal, a pré-carga, que foi ajustada na temperatura ambiente durante a montagem, aumentará. O aumento é maior para rolamentos dispostos em X do que para rolamentos dispostos em O. Em ambos os casos, no entanto, a expansão térmica do anel interno na direção radial serve para reduzir a folga ou aumentar a pré-carga. Essa tendência é aumentada pela expansão térmica dos anéis na direção axial quando os rolamentos estão dispostos em X, mas é reduzida para arranjos em O.
Para arranjos em O somente: Conforme a distância entre os rolamentos, quando o coeficiente de expansão térmica for o mesmo para os rolamentos e componentes associados, a expansão térmica em ambas as direções radial e axial pode se anular entre si de forma que a pré-carga permaneça inalterada.
SKF logo