Efeitos adicionais no momento de atrito

Efeitos da folga e do desalinhamento no atrito

Alterações na folga e/ou no desalinhamento de rolamentos influenciam o momento de atrito. O modelo SKF para calcular o momento de atrito considera normal uma folga operacional interna e um rolamento alinhado. No entanto, temperaturas operacionais elevadas do rolamento ou altas velocidades podem reduzir a folga interna do rolamento, o que pode aumentar o atrito. Desalinhamento geralmente aumenta o atrito. Entretanto, para rolamentos autocompensadores de esferas, rolamentos autocompensadores de rolos, rolamentos de rolos toroidais CARB e rolamentos axiais autocompensadores de rolos, o aumento de atrito correspondente é desprezível.
Para aplicações sensíveis a alterações de folga ou desalinhamento, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

Efeito do preenchimento com graxa no atrito

Quando um rolamento acabou de ser lubrificados ou relubrificado com a quantidade recomendada de graxa, o rolamento pode realizar valores de atrito consideravelmente mais altos do que os que foram calculados originalmente. Isto pode ser visto com um aumento na temperatura operacional. O período de tempo que leva para a diminuição de atrito depende da velocidade da aplicação e do tempo necessário para que a graxa distribua-se para dentro do espaço livre do rolamento.
Esta ação pode ser estimada pela multiplicação do momento de atrito por um fator de 2 a 4, onde 2 se aplica a rolamentos de séries leves (séries de largura estreita) e 4 se aplica a séries de rolamento pesadas.
No entanto, após o período de funcionamento inicial, os valores para o momento de atrito no rolamento são semelhantes, ou ainda menores do que os valores para rolamentos lubrificados com óleo. Rolamentos preenchidos com uma quantidade excessiva de graxa poderão mostrar valores de atrito mais altos. Para obter mais informações, consulte Relubrificação ou entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
SKF logo