Viscosidade do óleo base

A viscosidade do óleo base das graxas normalmente utilizadas em rolamentos de esferas situa-se entre 15 e 500 mm2/s a 40 °C(105 °F). As graxas com base em óleos de viscosidades maiores do que 500 mm2/s a 40 °C (105 °F) separam o óleo tão lentamente que o rolamento não é lubrificado adequadamente. Portanto, se uma viscosidade maior que 500 mm2/s a 40 °C (105 ° F) for necessária por causa de velocidades lentas e para rolamentos que operam em temperaturas extremamente altas ou baixas, será preciso tomar muito cuidado. Nessas condições, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
A viscosidade do óleo base também determina a velocidade máxima recomendada para um rolamento. A velocidade permitida para a graxa também é influenciada pela tensão de cisalhamento da graxa, que é determinada pelo espessante. Para indicar a capacidade da velocidade, os fabricantes de graxa geralmente citam um fator de velocidade, que pode ser calculada com

A = n dm

onde
A
=fator de velocidade [mm/min]
n=velocidade de rotação [r/min]
dm=

bearing mean diameter [mm] 

= 0,5 (d + D)

Se o fator de velocidade A exceder 70% dos limites recomendados (tabela 1), verifique a influência do lubrificante selecionado nos limites de velocidade fornecidos em Velocidades e verifique se a velocidade de rotação fica dentro desses limites.
Para aplicações de velocidade extremamente alta, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação da SKF.
SKF logo