Rolamentos com furo cônico

Para rolamentos que tenham um furo cônico, os anéis internos são sempre montados com um ajuste interferente. O grau de interferência não é determinado pela tolerância do eixo escolhida, como com rolamentos que possuem um furo cilíndrico, mas pela distância pela qual o rolamento é impulsionado no assento de eixo cônico ou no adaptador ou bucha de desmontagem. Conforme o rolamento é deslocado em direção ao assento cônico, sua folga interna radial é reduzida. Essa redução pode ser medida para determinar o grau de interferência e o ajuste apropriado.
Ao montar rolamentos autocompensadores de esferas, rolamentos de rolos toroidais CARB, rolamentos autocompensadores de rolos, bem como rolamentos de rolos cilíndricos de alta precisão com furo cônico, a redução na folga interna radial ou o deslocamento axial no assento cônico é determinado e usado como medida do grau de interferência. Valores de referência da redução da folga e do deslocamento axial são fornecidos nas seções dos produtos relevantes.

Rolamentos pequenos

Os rolamentos pequenos podem ser deslocados sobre um assento cônico utilizando uma porca. No caso de buchas de fixação, a porca da bucha é usada. Pequenas buchas de desmontagem podem ser deslocadas no furo do rolamento, utilizando-se uma porca. Um gancho ou uma chave de impacto podem ser usados para apertar a porca. As superfícies de assento do eixo e da bucha devem ser levemente lubrificadas com óleo fino antes de iniciar a montagem.

Rolamentos médios e grandes

Para rolamentos grandes, uma força consideravelmente maior é necessária e
  • porcas hidráulicas SKF devem ser usadas e/ou
  • o método de injeção de óleo deve ser empregado.
Em qualquer caso, o processo de montagem será consideravelmente mais fácil. O equipamento de injeção de óleo exigido para ambos, operando a porca hidráulica, bem como para aplicação do método de injeção de óleo, é disponibilizado pela SKF. Informações adicionais sobre esses produtos podem ser encontradas na seção Produtos de manutenção.
Ao utilizar uma porca hidráulica SKF para montagem, ela precisa ser posicionada em uma seção rosqueada do munhão ou na rosca da bucha, de maneira que seu pistão anular funcione de encosto para o anel interno do rolamento, uma porca no eixo ou um disco preso à extremidade do eixo. O bombeamento de óleo na porca hidráulica desloca axialmente o pistão com a força necessária para uma montagem precisa e segura. A montagem de um rolamento autocompensador de rolos com a ajuda de uma porca hidráulica em
  • um assento de eixo cônico é mostrado na fig. 1
  • uma bucha de fixação é mostrada na fig. 2
  • uma bucha de desmontagem é mostrada na fig. 3.
Com o método de injeção de óleo, o óleo sob alta pressão é injetado entre o rolamento e o assento do rolamento para formar um filme de óleo. Esse filme de óleo separa as superfícies conjugadas, reduzindo consideravelmente o atrito entre elas. Esse método costuma ser usado ao montar rolamentos diretamente em munhões cônicos (fig. 4), mas também é usado para montar rolamentos em buchas de adaptação e de desmontagem que tenham sido preparadas para o método de injeção de óleo. Um injetor de óleo ou bomba produz a pressão necessária, o óleo é injetado entre as superfícies conjugadas através de dutos e ranhuras de distribuição no eixo ou bucha. Os dutos e ranhuras necessários no eixo devem ser considerados ao projetar o arranjo de rolamentos. Um rolamento autocompensador de rolos montado em uma bucha de desmontagem com dutos de óleo é mostrado na fig. 5. A bucha de desmontagem é pressionada no furo do rolamento pela injeção de óleo entre as superfícies conjugadas e pelo aperto dos parafusos, sucessivamente.

Determinação do ajuste interferente

Os rolamentos com furo cônico são sempre montados com um ajuste interferente. Utiliza-se a redução na folga interna radial ou o deslocamento axial do anel interno em seu assento cônico para determinar e medir o grau de interferência.
Diversos métodos podem ser usados para medir o grau de interferência:
  1. Medição da redução da folga com um calibrador de folga.
  2. Medição do ângulo de aperto da porca de fixação.
  3. Medição do deslocamento axial.
  4. Medição da expansão do anel interno.
Uma descrição breve dos quatro métodos diferentes é fornecida a seguir. Informações mais detalhadas sobre esses métodos nas seções dos produtos relevantes.

Medição da redução da folga com um calibrador de folga

O método que utiliza calibradores de folga para a medição da folga interna radial antes e depois da montagem é aplicável para rolamentos autocompensadores de rolos e de rolos toroidais grandes e médios. A folga deve, preferencialemente, ser medida entre o anel externo e um rolo não carregado (fig. 6).

Medição do ângulo de aperto da porca de fixação

A medição do ângulo de aperto da porca de fixação é um método comprovado para determinar o grau correto de interferência em rolamentos pequenos e médios em assentos cônicos (fig. 7). Foram estabelecidos valores de referência para o ângulo de aperto, proporcionando um posicionamento preciso do rolamento em seu assento cônico.

Medição do deslocamento axial

É possível montar rolamentos com furo cônico medindo o deslocamento axial do anel interno em seu assento. Valores de referência para o deslocamento axial necessário são fornecidos nas seções dos produtos relevantes.
No entanto, o procedimento mais adequado nesse caso é utilizar o "Método Drive-up da SKF". Esse método de montagem proporciona uma maneira fácil e confiável de determinar o grau de interferência. O ajuste correto é atingido controlando o deslocamento axial do rolamento a partir de uma posição predeterminada. O método incorpora o uso de uma porca hidráulica SKF dotada de um indicador de calibração e um indicador digital especialmente calibrado montado em uma bomba selecionada (fig. 8). Valores determinados da pressão do óleo necessária e do deslocamento axial dos rolamentos individuais proporcionam um posicionamento preciso dos rolamentos. Valores para rolamentos autocompensadores de rolos e rolamentos CARB podem ser encontrados nas seções dos produtos. No entanto, informações mais detalhadas são obtidas em skf.com/mount

Medição da expansão do anel interno

A medição da expansão do anel interno é um método simples e muito preciso para determinar a posição correta de rolamentos de rolos toroidais e autocompensadores grandes em seus assentos.
Para esse tipo de medição, agora o SKF SensorMount® está disponível, utilizando um sensor, integrado com o anel interno do rolamento, um indicador portátil dedicado e ferramentas comuns de montagem hidráulica (fig. 9). Não é necessário considerar aspectos como o tamanho do rolamento, textura, material ou modelo do eixo, ou seja, se ele é maciço ou oco.
SKF logo