Porcas de fixação de precisão com pinos de trava

As porcas de fixação de precisão das séries KMT (fig. 1) e KMTA (fig. 2) possuem três pinos de trava igualmente espaçados em torno de sua circunferência, com seus eixos paralelos aos flancos da rosca carregada (fig. 3). Quando apertados, os pinos de trava aplicam pré-carga nas roscas, o que fornece atrito suficiente para evitar que a porca afrouxe sob condições operacionais normais (→ Torque para soltar).
As porcas de fixação KMT e KMTA são indicadas para aplicações nas quais seja necessário alta precisão, montagem simples e fixação confiável. Os três pinos de trava igualmente espaçados permitem que essas porcas de fixação sejam posicionadas com precisão em ângulos retos com o eixo. No entanto, eles também podem ser ajustados de maneira a compensar os desvios angulares leves de componentes adjacentes (→ Instalação e remoção).
As porcas de fixação KMT e KMTA não devem ser usadas em eixos ou buchas de fixação com rasgos de chaveta ou chave de fenda. Pode haver danos aos pinos de trava caso eles se alinhem a um rasgo de chaveta ou chave de fenda.
As duas séries de porcas de fixação estão disponíveis padrão, com uma rosca de até 200 mm (tamanho 40). As porcas de fixação KMT com uma rosca de 220 a 420 mm (tamanhos 44 a 84) podem ser fornecidas sob solicitação. Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
As porcas de fixação KMTA possuem uma superfície cilíndrica externa e, para alguns tamanhos, um passo de rosca diferente do que das porcas de fixação KMT. Elas são indicadas principalmente para aplicações nas quais o espaço é limitado e a superfície externa cilíndrica pode ser usada como um elemento de vedação tipo ponte.
SKF logo