Especificações do produto

Padrões de dimensãoISO 965-3:1998
TolerânciasRosca métrica, 5H: ISO 965-3:1998
Desvio axial máximo da face/rosca de fixação (para roscas até o tamanho 40): 0.005 mm
Roscas de eixo conjugadas (recomendação)Rosca métrica, 6g: ISO 965-3:1998
Rosca ≥ 220 mm (tamanho ≥ 44):
Rosca trapezoidal, 7e: ISO 2903:1993
MateriaisAço
Torque para soltar

As porcas de fixação KMT e KMTA são mantidas na posição em um eixo por atrito. A quantidade de atrito pode variar conforme a quantidade de torque aplicado aos pinos roscados durante a instalação, o acabamento superficial da rosca do eixo, a quantidade de lubrificante na rosca, etc.

A experiência mostra que o mecanismo de travamento das porcas de fixação KMT e KMTA é mais do que adequado para aplicações comuns de máquinas-ferramenta, desde que as porcas de trava sejam instaladas corretamente e haja apenas uma quantidade limitada de lubrificante na rosca.

Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

SKF logo