Seleção do tamanho do rolamento utilizando as equações de vida útil nominal


Os três principais métodos para o cálculo de vida útil nominal de rolamentos são:
  • Vida nominal básica

    A vida nominal básica, conforme definido na ISO 281:2007, é o método mais simples de cálculo da vida nominal de rolamentos. Seu único critério é a fadiga subsuperficial.
  • Vida nominal SKF

    Para rolamentos modernos de alta qualidade, a vida nominal básica determinada para uma aplicação pode se desviar significativamente da vida útil real. A vida útil do rolamento em uma determinada aplicação depende da influência de uma série de fatores, incluindo a lubrificação, o grau de contaminação, a instalação adequada e outras condições ambientais, como também de aspectos específicos do projeto do rolamento.

    A vida nominal SKF leva em consideração o limite de carga de fadiga, as condições de lubrificação e o nível de contaminação de partículas sólidas nos rolamentos.


O método de vida nominal básica normalmente é adequado para a seleção do tamanho do rolamento Y ou da unidade de rolamento Y, uma vez que é baseado na experiência. Na ausência de experiência anterior em relação à vida útil e à confiabilidade operacional necessárias, os valores de referência listados na tabela 1 para a vida nominal básica L10h podem ser usados.
Para explorar completamente a vida útil de um rolamento Y ou de uma unidade de rolamento Y, a equação de vida modificada de acordo com a norma ISO 281:2007 deve ser usada para calcular a vida nominal SKF ou o SKF Generalized Bearing Life Model.
SKF logo