Lubrificação

Rolamentos de suporte abertos (sem vedações) em laminadores são lubrificados por óleo ou emulsão de água em óleo usado no processo de laminação para remover o calor de atrito do rolamento e o calor produzido pela redução da espessura do material.

A viscosidade da emulsão que será usada para a lubrificação do rolamento deve ser de, no mínimo, 8 a 12 mm2/s a 40 °C (105 °F). Em geral, essa baixa viscosidade é insuficiente para lubrificação de rolamentos e, portanto, a taxa de fluxo por rolamento de suporte deve ser consideravelmente maior do que a lubrificação a óleo. As taxas de fluxo recomendadas estão listadas na tabela 1.

Onde os rolamentos de suporte de rolos cônicos são usados, é importante assegurar que haja lubrificação suficiente da área de contato da extremidade do rolo/flange. Um óleo que contenha aditivos EP e tenha uma viscosidade de, no mínimo, 400 mm2/s a 40 °C (105 °F) , deve ser usado.

Determinados rolamentos de suporte, por exemplo, os rolamentos de suporte com duas carreiras de rolos cilíndricos com vedações "Fey-Ring" integradas, ou os rolamentos de suporte com duas carreiras de rolos cônicos, precisam ter lubrificação por vapor de óleo ou ar-óleo. Para rolamentos de suporte de rolos cilíndricos com vedações de contato integradas, deve-se utilizar lubrificação por óleo circulante com um sistema de suprimento separado.
Para rolamentos de suporte lubrificados com óleo, o uso de um óleo mineral com aditivos EP e viscosidade de 100 a 150 mm2/s a 40 °C (105 °F) é recomendado. As quantidades de óleo recomendadas para cada um dos métodos de lubrificação estão listadas na tabela 2. Quantidades mais altas são necessárias sob cargas altas e/ou altas velocidades dos cilindros.
SKF logo