Características do Solid Oil

Solid Oil é uma matriz polimérica saturada em óleo, que preenche todo o espaço livre do rolamento, encapsulando tanto os corpos rolantes quanto a(s) gaiola(s). O material polimérico possui uma estrutura porosa, com milhões de microporos, que retêm o óleo lubrificante. Os poros são tão pequenos que o óleo é retido no material por tensão superficial. Enquanto o material polimérico preenchido com óleo é injetado no rolamento, uma fresta bastante estreita se forma em torno dos corpos rolantes e pistas, permitindo que os componentes do rolamento girem livremente.
Quando o Solid Oil desliza sobre os corpos rolantes ou pistas de um rolamento, o metal é revestido com um filme de óleo consistente e uniforme. Em seguida, com apenas um aumento moderado na temperatura operacional, o óleo é empurrado para a superfície da matriz polimérica. Esse "fluxo" de óleo dentro da matriz polimérica ocorre porque o óleo possui um coeficiente de expansão térmica maior do que o da matriz polimérica e porque a viscosidade do óleo diminui com o aumento de temperatura. Quando o rolamento para de girar, o óleo excedente é reabsorvido para dentro da matriz polimérica.
Um rolamento com Solid Oil contém de duas a quatro vezes mais óleo do que rolamentos lubrificados com graxa convencionais. Isso porque o rolamento é completamente preenchido com Solid Oil, enquanto um rolamento lubrificado com graxa normalmente funciona com cerca de um terço de seu espaço livre preenchido com graxa.
Como o Solid Oil preenche completamente o rolamento, é difícil que contaminantes sólidos e líquidos alcancem as superfícies de contato do rolamento, mesmo sem vedações de rolamento. Em ambientes altamente contaminados, no entanto, a SKF recomenda a utilização de rolamentos com Solid Oil e vedações de contato integrados.
SKF logo