Rolamentos com Solid Oil

Produtos SKF preenchidos com Solid Oil

Os rolamentos SKF com Solid Oil foram projetados para uso em aplicações em que os níveis elevados de umidade e o contato acidental com água e outros contaminantes são problemas reais. Os rolamentos com Solid Oil são lubrificados para toda a vida útil do rolamento e não podem ser relubrificados.

Solid Oil

  • é um material de polímero de óleo saturado
    • molda-se dentro do rolamento, formando frestas muito estreitas entre os elementos rolantes, as pistas e a(s) gaiola(s), permitindo que o rolamento gire livremente
    • possui uma estrutura porosa com milhões de microporos que retêm o óleo lubrificante pela tensão na superfície
  • preenche praticamente todo o espaço livre no rolamento
  • libera óleo nas frestas estreitas durante a operação, fornecendo lubrificação eficaz por quantidade mínima

Características do rolamento

  • Vida útil longa
    • Um aumento na temperatura operacional empurra o óleo para a superfície do material de polímero, mantendo um fornecimento de lubrificante consistente. Durante as paradas, o óleo excedente é reabsorvido para dentro do material polimérico.
  • Maior vida útil do lubrificante
    • Com os rolamentos Solid Oil, uma grande quantidade de óleo está disponível (de duas a quatro vezes mais em comparação ao preenchimento com graxa convencional).
    • A estrutura de polímero do Solid Oil elimina a agitação do lubrificante.
    • O Solid Oil é um óleo sintético de alta qualidade resiste à oxidação.
  • Resiste a lavagens
    • O Solid Oil não é lavado e preenche praticamente todo o espaço livre, limitando a quantidade de contaminação úmida que entra no rolamento.
    • A água não se mistura ao óleo ou ao polímero do Solid Oil.
  • Praticamente elimina o vazamento de lubrificante
    • O Solid Oil retém o óleo no rolamento.
    • As vedações de rolamento integrais aumentam ainda mais a retenção de óleo.
  • Protege contra a entrada de contaminantes
    • A osculação próxima entre o Solid Oil e os elementos rolantes e as pistas reduz significativamente a entrada de contaminantes.
    • O Solid Oil oferece suporte adicional às vedações de rolamento integrais.
Modelos e variantes
O sortimento padrão de rolamentos e acessórios SKF com Solid Oil (fig. 1) inclui:
  • Rolamentos rígidos de esferas
  • Rolamentos autocompensadores de rolos
  • Rolamentos Y e unidades de rolamento Y
  • Rolamentos de rolos cônicos
  • Rolamentos de rolos cilíndricos
  • Rolamentos autocompensadores de esferas

Sob encomenda, a SKF pode fornecer outros tipos de rolamentos com Solid Oil para atender às necessidades e uma aplicação específica, exceto para rolamentos de rolos toroidais CARB, que não são adequados para uso com Solid Oil. Rolamentos com uma gaiola de grande volume não são adequados para Solid Oil, pois há muito pouco espaço livre dentro do rolamento.

Variações do Solid Oil

  • Variante padrão (sufixo de designação W64, tabela 1)
    • contém um óleo sintético de alta qualidade
    • atende às necessidades da maioria das aplicações
  • Variante para setor alimentício (sufixo de designação W64F, tabela 1)
    • contém um óleo registrado pela NSF como categoria H1
    • atende às necessidades das aplicações no setor alimentício

Rolamentos vedados

  • com vedações de contato integrais, são altamente recomendados em ambientes úmidos
  • com Solid Oil, aumente a eficiência de vedação, pois o Solid Oil suporta vedações axialmente, evitando que flexionem ou abram sob pressão

Para obter informações sobre as opções de vedação, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

Recomenda-se proteger contra corrosão as superfícies externas do rolamento quando rolamentos de aço carbono forem expostos a ambientes úmidos.

Especificações do rolamento

Padrão das dimensões, tolerâncias e folga interna

Consulte Dados de rolamentos (unidade) na seção de produto relevante do rolamento (unidade) padrão.
Cargas

Capacidade de carga

As classificações de carga estática e dinâmica normais dos rolamentos com Solid Oil são as mesmas que para os rolamentos SKF padrão correspondentes.
Limites de temperatura

A temperatura operacional permitida para os rolamentos com Solid Oil podem ser limitada:

  • pela estabilidade dimensional dos anéis de rolamento e dos elementos rolantes
  • pela(s) gaiola(s)
  • pelas vedações
  • pelo Solid Oil

Para os limites de anéis do rolamento, elementos rolantes, gaiola(s) e vedações, consulte Limites de temperatura da seção de produto relevante do rolamento padrão.

Os limites relevantes para o Solid Oil são:

  • mínimo (tabela 1)
  • máximo 85 °C (185 °F) para condições operacionais contínuas
  • máximo 95 °C (205 °F) para condições operacionais intermitentes

Quando forem esperadas temperaturas fora da faixa permitida, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

Limites de velocidade

Os limites de velocidade recomendados para rolamentos e unidades de rolamento com Solid Oil (tabela 2) e operação em uma temperatura ambiente de 20 °C (70 °F) são restringidos pela temperatura operacional contínua máxima de 85 °C (185 °F). A temperatura ambiente é a temperatura mais próxima à posição do rolamento, não necessariamente a temperatura do local. 

Para tipos ou variantes não listadas na tabela 2, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

Para temperaturas ambiente acima de 20 °C (70 °F), o limite de velocidade deve ser diminuído usando o fator de redução fT (diagrama 1).

Exemplo de cálculo

Um rolamento rígido de esferas 6208/W64 é feito para operar uma temperatura ambiente de 50 °C (120 °F). Qual é o limite de velocidade reduzido?

  1. Limite de velocidade recomendado para uma temperatura ambiente de 20 °C (70 °F)
    • Na tabela 2: fator de velocidade n dm = 300 000 mm/min (rolamento rígido de uma carreira de esferas com uma gaiola de metal estampado)
    • Dimensões: d = 40 mm, D = 80 mm
    n = 300 000 / dm = 300 000 / (0,5 (40 + 80)) = 5 000 rpm
  2. Redução para uma temperatura ambiente de 50 °C (120 °F)
    • No diagrama 1: fator de redução de velocidade fT ≈ 0,53
    nreduzido = 5 000 fT = 5 000 x 0,53 = 2 650 rpm
Características de atrito
As características de atrito de um rolamento com Solid Oil correspondem ao rolamento SKF padrão, exceto se a entrada de polímeros do Solid Oil adicionar um atrito fixo.
Montagem

Se um rolamento com Solid Oil precisar ser montado a quente, ele deverá ser aquecido a um máximo de 120 °C (250 °F) utilizando um aquecedor por indução.

Placas de aquecimento ou banhos de óleo quente não devem ser usados.

Sistema de designação

Consulte Sistema de designação na seção de produto relevante do rolamento/unidade padrão.

Os sufixos de designação usados para identificar os rolamentos com Solid Oil são explicados a seguir.

W64Tipo de óleo de base sintética, variação padrão
W64FTipo de óleo de base sintética, certificação NSF H1 para aplicações relacionadas a produtos alimentícios
SKF logo