Dados das buchas

Buchas de bronze
Padrões de dimensãoNão padronizado

Material
Bronze com vários componentes
CuSn7Zn4Pb7-B
(sufixo de designação M1)

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-40 a +250 °C (-40 to +480 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 25 N/mm2
Estática: 45 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida0,5 m/s (1.6 ft/s)

Coeficientes
de atrito µ
0,08 a 0,15 (engraxadas)


Buchas de bronze sinterizado
Padrões de dimensãoNão padronizado

Tolerâncias
Buchas retificadas (fig. 1)
Buchas flangeadas (fig. 2)

Material
Bronze metálico sinterizado e matriz de grafite (aproximadamente 1% do peso de grafite) com porosidade totalmente impregnada;
a composição do material é de SINT A51 com um volume de porosidade de aproximadamente 28%, impregnada de óleo mineral

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-10 a +90 °C (+15 to +195 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 10 N/mm2
Estática: 20 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida0,25 a 5,0 m/s (0.8 to 16.4 ft/s)

Coeficientes de atrito µ
0,05 to 0,10 (engraxadas)


Buchas de bronze revestido
Padrões de dimensãoISO 3547-1:2006

Tolerâncias
ISO 3547-1:2006
Valores de verificação: ISO 3547-2:2006

Material
CuSn8 (totalmente de bronze)

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-40 a +150 °C (-40 to +300 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 40 N/mm2
Estática: 120 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida1,0 m/s (3.2 ft/s)

Coeficientes
de atrito µ
0,08 a 0,15 (engraxadas)


Buchas com composto de PTFE
Padrões de dimensãoBuchas retificadas em tamanho métrico: ISO 3547-1:2006
(com algumas exceções)

Buchas flangeadas e retificadas em tamanhos métricos e em polegadas: não padronizado

Tolerâncias

Buchas retificadas em tamanhos métricos, diâmetro externo D: ISO 3547-1:2006
Valores de verificação: ISO 3547-2:2006

Buchas flangeadas (montadas):

  • Diâmetro D do flange1: ±0,5 mm
  • Largura do flange B1: +0,05/-0,20 mm
Dimensões de chanfro (Tabela de produtos)

Materiais
Para obter informações adicionais, consulte (Modelos e variantes)

Suporte de aço com uma camada de bronze/estanho sinterizado, poros preenchidos e cobertos por uma camada de giro inicial de PTFE com aditivos de dissulfeto de molibdênio

Folga operacional1)

Valores de referência dependendo das tolerâncias de eixo e de mancal selecionadas:

A folga em excesso pode ter uma influência negativa na vida útil das buchas com composto de PTFE se não estiverem lubrificadas.

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-200 a +250 °C (-330 to +480 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 80 N/mm2
Estática: 250 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida2,0 m/s (6.5 ft/s)

Coeficientes
de atrito µ
0,03 a 0,25

Propriedades químicas
O suporte de aço e a camada de bronze/estanho sinterizado são fatores essenciais na determinação da resistência química das rótulas compostas SKF, uma vez que as camadas deslizantes (de cobertura) são resistentes à maioria das substâncias químicas. A camada de cobertura é praticamente inerte devido ao seu conteúdo de PTFE, embora metais de álcali derretidos e o flúor liberado a ataquem em temperaturas elevadas.
Em temperatura ambiente, a estrutura de bronze/estanho sinterizado possui boa resistência à água do mar, vapor, influências atmosféricas, soluções salinas e ácido sulfúrico, mas não a ácidos oxidantes ou a produtos que contenham amônia.
Todas as superfícies expostas do suporte de aço são estanhadas eletroliticamente, mas isso oferece apenas uma proteção limitada contra corrosão na maioria das aplicações. Em situações nas quais as buchas precisam ser expostas a agentes corrosivos ou onde há o risco de corrosão no contato entre o suporte de aço e o material do mancal, o suporte pode ser protegido por uma cobertura de níquel, cromo ou zinco aplicada eletroliticamente.
Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.


1)Os valores indicados para a folga operacional são válidos em temperatura ambiente. Se a temperatura operacional for maior, espera-se que, para cada 20 °C de aumento de temperatura, a folga operacional diminua 0,0016 mm para as buchas com composto de PTFE.
A folga operacional real pode ser aumentada ou diminuída dentro dos limites recomendados combinando-se furos de mancal e eixo com valores de diâmetro apropriados dentro dos limites especificados. Se, em determinadas aplicações, for necessário um giro muito suave, ou se o rolamento estiver apenas levemente carregado, a SKF recomenda selecionar as tolerâncias para que os valores máximos da folga operacional sejam usados.

Buchas com composto de POM
Padrões de dimensãoISO 3547-1:2006
(com algumas exceções)

Tolerâncias

Diâmetro externo D: ISO 3547-1:2006
Valores de verificação: ISO 3547-2:2006

Dimensões de chanfro (Tabela de produtos)

Materiais
Para obter informações adicionais, consulte (Modelos e variantes)

Suporte de aço com uma camada de bronze/estanho sinterizado, poros preenchidos e cobertos por uma camada de composto de PTFE

Folga operacional1)

Valores de referência dependendo das tolerâncias de eixo e de mancal selecionadas:

A folga em excesso pode ter uma influência negativa na vida útil das buchas com composto de PTFE se não estiverem lubrificadas.

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-40 a+110 °C (-40 to +230 °F), +130 °C (+265 °F) por períodos curtos

Carga permitida
Dinâmica: 120 N/mm2
Estática: 250 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida2,5 m/s (8.2 ft/s)

Coeficientes
de atrito µ
0,02 a 0,20

Propriedades químicas
O suporte de aço e a camada de bronze/estanho sinterizado são fatores essenciais na determinação da resistência química das rótulas compostas SKF, uma vez que as camadas deslizantes (de cobertura) são resistentes à maioria das substâncias químicas. A camada de cobertura de resina acetal é bastante resistente a substâncias orgânicas.
Em temperatura ambiente, a estrutura de bronze/estanho sinterizado possui boa resistência à água do mar, vapor, influências atmosféricas, soluções salinas e ácido sulfúrico, mas não a ácidos oxidantes ou a produtos que contenham amônia.
Todas as superfícies expostas do suporte de aço são estanhadas eletroliticamente, mas isso oferece apenas uma proteção limitada contra corrosão na maioria das aplicações. Em situações nas quais as buchas precisam ser expostas a agentes corrosivos ou onde há o risco de corrosão no contato entre o suporte de aço e o material do mancal, o suporte pode ser protegido por uma cobertura de níquel, cromo ou zinco aplicada eletroliticamente.
Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.

Propriedades elétricasQuando nova, a camada de cobertura de resina acetal pode atuar como isolante elétrico. Para evitar o acúmulo de eletricidade estática, os componentes em risco devem ser aterrados.
Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.



1)Os valores indicados para a folga operacional são válidos em temperatura ambiente. Se a temperatura operacional for maior, espera-se que, para cada 20 °C de aumento de temperatura, a folga operacional diminua 0.005 mm para as buchas com composto de POM.
A folga operacional real pode ser aumentada ou diminuída dentro dos limites recomendados combinando-se furos de mancal e eixo com valores de diâmetro apropriados dentro dos limites especificados. Se, em determinadas aplicações, for necessário um giro muito suave, ou se o rolamento estiver apenas levemente carregado, a SKF recomenda selecionar as tolerâncias para que os valores máximos da folga operacional sejam usados.

Buchas de poliamida e PTFE
Padrões de dimensãoISO 3547-1:2006

Tolerâncias
ISO 3547-1:2006
Valores de verificação: ISO 3547-2:2006

Material
Termoplástico reforçado com fibra de vidro contendo PTFE

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-30 a +110 °C (-20 to +230 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 40 N/mm2
Estática: 80 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida1,0 m/s (3.2 ft/s)

Coeficientes de atrito µ
0,06 a 0,15


Buchas de filamento enrolado
Padrões de dimensãoISO 4379:1993

Tolerâncias

Diâmetro do furo d:

  • C10 (desmontadas)
  • D11 (montadas em um mancal com a classe de tolerância H7)

Diâmetro externo D: s8

Largura: h13


Materiais
Para obter informações adicionais, consulte (Modelos e variantes)

Suporte: fibra de vidro de alta resistência
Superfície deslizante: poliéster de alta resistência e PTFE
Ambas as camadas são enroladas e integradas em uma matriz de resina epóxi.

Folga operacional
Valores de referência dependendo das tolerâncias de eixo e de mancal selecionadas (tabela 5);
o aumento da folga, por exemplo, como resultado de desgaste, é mínimos durante a vida útil dessas buchas

Faixa de temperaturas operacionais permitidas-50 a +140 °C (-60 to +285 °F)

Carga permitida
Dinâmica: 140 N/mm2
Estática: 200 N/mm2

Velocidade de deslizamento permitida0,5 m/s (1.6 ft/s)

Coeficientes
de atrito µ
0,03 a 0,08

Expansão térmica
13 x 10-6 K-1 (semelhante ao aço)

Condutividade térmica
0,4 W/mK

Densidade
1,87 g/cm3

Propriedades químicas
Excelente resistência a agentes corrosivos, incluindo água salgada e muitos químicos (tabela 6)

Propriedades elétricasBom isolante, o que evita a passagem de corrente elétrica


SKF logo