Rótulas que exigem manutenção

As rótulas radiais de aço/aço devem ser relubrificadas para:

  • reduzir o atrito
  • reduzir o desgaste
  • prolongar a vida útil do rolamento
  • proteger contra a corrosão e contaminação
As superfícies de contato deslizante são fosfatadas e tratadas com um lubrificante para amaciamento. Esse tratamento de superfície especial tem uma influência favorável na fase de amaciamento. Os rolamentos devem ser engraxados antes do uso e relubrificados periodicamente.
Para relubrificar de modo confiável os rolamentos, os dutos de graxa devem ser fornecidos no mancal (fig. 1) ou eixo (fig. 2) de modo que possa ser fornecida graxa fresca diretamente ao rolamento. Todas as rótulas radiais SKF de aço/aço (com exceção dos menores modelos de rolamento E e ESA) têm um canal circular e furos para lubrificação nos anéis interno e externo para facilitar a distribuição do lubrificante nas superfícies deslizantes do rolamento.
Se o arranjo tiver o projeto adequado, o rolamento também poderá ser abastecido com graxa pela lateral. Para facilitar a passagem da graxa através do rolamento, deve-se evitar que ela saia do arranjo de rolamentos pelo lado em que é abastecida, por ex., por uma tampa de fechamento, e oferecer uma abertura para que saia no lado oposto, por ex., uma vedação em V, que possa abrir se houver pressão interna (fig. 3).
Em geral, se possível, o espaço livre ao redor do rolamento deve ser preenchido com graxa.

A SKF recomenda usar a graxa SKF LGHB 2 para lubrificar rótulas de aço sobre aço. Suas propriedades incluem:

  • excelente desempenho sob cargas pesadas
  • muito boas propriedades de inibição de ferrugem
  • boa resistência ao envelhecimento
  • boa resistência à água
  • ampla faixa de temperaturas operacionais.

Se as temperaturas operacionais excederem os limites da faixa de temperaturas, deve-se usar uma graxa especial (tabela 1).

Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
SKF logo