Fixação axial dos anéis dos rolamentos

Performance and operating conditionsBearing type and arrangementBearing sizeLubricationOperating temperature and speedBearing interfacesBearing executionSealing, mounting and dismounting

Normalmente, não é suficiente usar um ajuste interferente sozinho para fixar axialmente um anel do rolamento em um assento cilíndrico. Entre as maneiras comuns de fixar axialmente anéis dos rolamentos estão:
  • ressaltos de eixo ou caixa
  • porcas de fixação ou anéis roscados (fig. 1, fig. 2)
  • placas de extremidade ou tampas da caixa (fig. 3), fig. 4)
  • anéis espaçadores que apoiam contra peças adjacentes (fig. 5.)
  • anéis de retenção (fig. 6)
Qualquer fixação axial deve ser capaz de suportar as cargas axiais que podem ser aplicadas ao rolamento.

Rolamentos com furo cônico

Dependendo das condições e dos requisitos, as maneiras comuns de fixar axialmente o anel interno de um rolamento com furo cônico são:

  • uma porca de fixação para rolamentos montados em um assento cônico (fig. 7)
  • apenas uma bucha de fixação (fig. 8) caso nenhum posicionamento axial preciso seja necessário, e as cargas axiais não excedam o atrito entre a bucha e o eixo
  • uma bucha de fixação e um anel espaçador (fig. 9) caso um posicionamento axial preciso seja necessário ou cargas axiais elevadas ocorram
  • uma bucha de desmontagem com um anel espaçador (ou ressalto do eixo) e uma porca de fixação (fig. 10)

Encostos e filetes

Ao projetar os encostos, deixe espaço suficiente para evitar o contato entre as peças rotativas e estacionárias.

As dimensões de filete do eixo e do mancal sempre devem ser menores do que os raios do chanfro do rolamento. Eixos altamente carregados podem exigir filetes grandes, e um colar espaçador pode ser necessário (fig. 11).

As dimensões adequadas dos encostos e dos filetes estão listadas nas tabelas de produtos.
SKF logo