Capacidade de carga axial dinâmica

Os rolamentos de rolos cilíndricos de uma carreira com número máximo de rolos de alta capacidade e com flanges nos anéis interno e externo podem suportar cargas axiais além de radiais. Fa não deve exceder 0,5 Fr.
A capacidade de carga axial é determinada principalmente pela habilidade de suportar cargas das superfícies deslizantes do contato entre o flange e as extremidades dos rolos. Os fatores que mais afetam essa capacidade são o lubrificante, a temperatura operacional e a dissipação de calor do rolamento.
As fórmulas abaixo são válidas para condições operacionais normais, por exemplo:
  • ΔT ≈ 60 °C entre a temperatura ambiente e a temperatura operacional normal
  • Perda de calor específica ≈ 0,5 mW/mm2
  • Relação de viscosidade κ ≥ 2
  • desalinhamento ≤ 1 minuto de arco
    Para desalinhamento > 1 minuto de arco, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação da SKF.

Dependendo da série e do tamanho, e das condições de aplicação, a carga axial permitida deve ser limitada:

  • Para carga constante atuando de modo a evitar qualquer risco de danos ao flange
    Fap max ≤ 0,0035 D1,7
  • Superfície de diâmetro externo e do furo π B (D + d) ≤ 50.000 mm2

  • Superfície de diâmetro externo e do furo π B (D + d) > 50.000 mm2

  • Aplicações de óleo circulante

  • Por períodos curtos, desde que ele não aumente a temperatura operacional do rolamento > 5 °C temporariamente

    Fap brief ≤ 2 Fap

    onde
    Fap = Fap, Fap oil ou Fap max

    Dependendo do tamanho, carga e velocidade do rolamento, esse “breve período” abrange apenas alguns segundos ou pode durar alguns minutos. Como regra, um curto período consiste no tempo que o rolamento demora para efetuar 1.000 rotações.

  • Cargas de choque ocasionais

    Fap shock ≤ 0,0085 D1,7

Símbolos

B=largura do rolamento [mm]
C0
=classificação de carga estática básica [kN] (→ tabela de produtos)
d
=
diâmetro interno do rolamento [mm]
D
=
diâmetro externo do rolamento [mm]
ΔTS
=
diferença de temperatura entre a entrada e saída de fluxo de óleo [°C]
Fa=carga axial [kN]
Fap=
carga axial permitida [kN]
Fap brief
=
Carga axial máxima para períodos breves [kN]
Fap max=
carga axial máxima de atuação contínua [kN]
Fap oil
=
carga axial máxima permitida em aplicações de óleo circulante [kN]
Fap shock=
carga de choque axial máxima ocasional [kN]
Fr=carga radial [kN]
k1=fator de lubrificação
= 1,5 para lubrificação a óleo
= 1 para lubrificação a graxa
k2=fator de lubrificação
= 0,15 para lubrificação a óleo
= 0,1 para lubrificação a graxa
n=velocidade de rotação [r/min]
VS
=
quantidade de fluxo de óleo [l/min]
SKF logo