Instruções de montagem

O conhecimento e a experiência são da maior importância no que se refere a rolamentos de quatro carreiras de rolos cilíndricos. Os componentes individuais devem ser montados na ordem correta. As partes que devem ficar juntas são marcadas com letras (<Marking of bearing components href="tcm:12-4080" class="figure" xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" xmlns:xlink="http://www.w3.org/1999/xlink" xlink:title="0603f41.gif">>fig. 1</Marking of bearing components>). Além disso, todos os componentes do rolamento são marcados com o mesmo número de série para que não haja risco de mistura de componentes quando vários rolamentos devem ser montados ao mesmo tempo. No entanto, os anéis internos e os pares de anéis internos são totalmente intercambiáveis e não precisam ter o mesmo número de série que o anel ou anéis externos.
Na maioria das aplicações, a carga é de direção constante, de maneira que apenas aproximadamente um quarto do anel externo fica sob carga. Por essa razão, as faces laterais dos anéis externos são divididas em quatro zonas indicadas por I a IV. As marcações da zona de carga I também são unidas por uma linha que atravessa a superfície externa dos anéis externos.
Quando o rolamento é montado pela primeira vez, é comum posicionar a zona I na direção de ação da carga. Dependendo das condições operacionais, os anéis externos devem ser virados em 90°, após um período de serviço, para que uma nova zona fique sob carga. O período recomendado é de aproximadamente 1.000 horas de funcionamento e os rolamentos devem ser inspecionados. O torneamento deve ocorrer em uma troca de cilindros apropriada.
Se não houver pessoal qualificado disponível para montar os rolamentos, é recomendável solicitar a assistência da equipe de serviço da SKF, particularmente no que se refere a rolamentos grandes. Detalhes adicionais sobre o serviço de montagem da SKF podem ser fornecidos mediante solicitação.
Instruções detalhadas de montagem também são fornecidas com todos os rolamentos.
SKF logo