Sistema de designação

As designações da maioria dos rolamentos de esferas SKF seguem um sistema que pode consistir em uma designação básica com ou sem um ou mais prefixos e/ou sufixos → Sistema de designação de rolamentos básicos).
Os exemplos e as opções aplicáveis para os rolamentos de uma carreira de rolos cilíndricos são listados a seguir:
Basic bearing designation system

Exemplos

Rolamento
NU 10/750 ECN2MA/HB1ondeNU 10/750 =
EC =
N2 =
MA =
HB1 =

Anel de encosto
HJ 212 ECondeHJ 212 =
EC =

Test Designation 1Prefixos
E2.Rolamento SKF Energy Efficient
LAnel interno ou externo separado de um rolamento separável
R
Anel interno ou externo com conjunto de rolos e gaiola de um rolamento separável

Test Designation 2Designação básica
Listados na tabela 1 ou identificação do número de desenho
CRLRolamento em polegadas
CRM
Rolamento em polegadas
HJAnel de encosto
Tamanho do rolamento para rolamentos em polegadas

8

a

40

(/8) Diâmetro do furo de 1 pol. (25,4 mm)


(/8) Diâmetro do furo de 5 pol. (127 mm)


Catalogue image - Test Designation 3Sufixos – design interno
AProjeto interno diferente ou modificado
ECProjeto interno otimizado que contém rolos maiores e/ou em maior quantidade e com contato modificado entre o flange e a extremidade do rolo

Test Designation 4Sufixos – Projeto externo (vedações, ranhura para anel de retenção, etc.)
K
Furo cônico; conicidade de 1:12
NRanhura para anel de retenção no anel externo
NRRanhura do anel de retenção no anel externo com o anel de retenção apropriado
N1Uma ranhura (entalhe) de fixação em uma das faces laterais do anel externo
N2Duas ranhuras (entalhes) de fixação em uma face lateral do anel externo, 180° de distância

Catalogue image - Test Designation 5Sufixos – Projeto da gaiola
FR
Gaiola de aço do tipo pino, rolos perfurados
JGaiola em aço estampado, centrada nos rolos
M
Gaiola em latão usinado, rebitada, centrada nos rolos
MA(S)Gaiola em latão usinado, centrada no anel externo. O S indica um canal para lubrificação nas superfície-guia
MBGaiola em latão usinado, centrada no anel interno
MLGaiola em latão usinado, do tipo janela, centrada no anel interno ou externo, conforme o projeto do rolamento
MPGaiola em latão usinado, do tipo janela, centrada no anel interno ou externo, conforme o tamanho do rolamento
MRGaiola em latão usinado, do tipo janela, centrada nos rolos
PGaiola PA66 reforçada com fibra de vidro, centrada nos rolos
PAGaiola PA66 reforçada com fibra de vidro, centrada no anel externo
PHGaiola PEEK reforçada com fibra de vidro, centrada nos rolos
PHAGaiola PEEK reforçada com fibra de vidro, centrada no anel externo

Catalogue image - Test Designation 6.1Sufixos – materiais, tratamento térmico
HA1Anéis interno e externo cementados
HA2Anel externo cementado
HA3Anel interno cementado
HB1
Anéis interno e externo com tratamento térmico bainítico
HB3Anel interno com tratamento térmico bainítico
HN1Anéis interno e externo com tratamento térmico especial de superfície

Test Designation 6.2Sufixos – Precisão, folga, pré-carga, giro silencioso
CNFolga interna radial normal; usada somente junto com uma letra adicional que identifica uma faixa de folga reduzida ou deslocada
  • H = Faixa de folgas reduzida correspondente à metade superior da faixa de folgas real
  • L = Faixa de folgas reduzida correspondente à metade inferior da faixa de folgas real
  • M = A faixa de folgas deslocada que corresponde à metade superior da faixa de folgas real e à metade inferior da próxima faixa de folgas maior
As letras indicadas acima também são utilizadas em conjunto com as classes de folga C2, C3, C4 e C5, como C2H.
C2Folga interna radial menor que Normal
C3Folga interna radial maior do que normal
C4Folga interna radial maior do que C3
C5Folga interna radial maior que C4

Catalogue image - Test Designation 6.3Sufixos - Conjuntos de rolamentos, rolamentos pareados
DRDois rolamentos pareados com um conjunto
TRTrês rolamentos pareados com um conjunto
QRQuatro rolamentos pareados com um conjunto

Test Designation 6.4Sufixos – Estabilização
S1Anéis do rolamento estabilizados para o calor a temperaturas operacionais menores ou iguais a 200 °C (390 °F)
S2Anéis do rolamento estabilizados para o calor a temperaturas operacionais menores ou iguais a 250 °C (480 °F)

Test Designation 6.5Sufixos – Lubrificação
W33Canal circular e três furos para lubrificação no anel externo

Test Designation 6.6Sufixos – Outras variantes
PEX
Rolamento SKF Explorer, usado somente quando houver rolamentos SKF Explorer convencionais do mesmo tamanho disponíveis
VA301
Rolamento destinado a motores de tração para veículos ferroviários
VA305VA301 + rotinas de inspeção especiais
VA350Rolamento para caixas do mancal do eixo ferroviário
VA380Rolamento para caixas de mancal de eixo ferroviário, de acordo com EN 12080:2011, classe 1
VA3091VA301 e as superfícies externas do anel externo são revestidas com óxido de alumínio
VC025
Rolamento com pistas especialmente resistentes ao desgaste, para aplicações em ambientes altamente contaminados
VE901Projeto interno modificado
VQ015Anel interno com pista abauIada para desalinhamento maior permitido
SKF logo