Modelos e variantes

Rolamentos de rolos de agulhas com anéis usinados interno e externo

Rolamentos de rolos de agulhas com anel externo usinado, sem anel interno

  • são uma excelente escolha para arranjos de rolamentos compactos nos quais é possível temperar e retificar o eixo (fig. 3)
  • permitem um diâmetro maior do eixo e um arranjo de rolamentos mais rígido em comparação com arranjos com rolamentos com anéis internos

O deslocamento axial do eixo em relação à caixa de mancal é limitado somente pela largura da pista no eixo. Por meio da usinagem das pistas do eixo de acordo com a precisão dimensional e geométrica apropriada, é possível obter arranjos de rolamentos com tolerâncias geométricas mais apertadas. Para obter mais informações, consulte Pistas em eixos e mancais.

Rolamentos de projeto básico
Rolamentos de rolos de agulhas com anéis usinados e com flanges
  • estão disponíveis abertos (sem vedações) ou vedados em um ou ambos os lados
  • estão disponíveis com ou sem um anel interno
  • com D ≤ 17 mm (Fw ≤ 10 mm) estão disponíveis com anéis de fechamento não separáveis que atuam como flanges (fig. 4)
    Os flanges nos rolamentos maiores fazem parte do anel externo e os rolamentos possuem um canal circular e um ou mais furos para lubrificação no anel externo (fig. 5).
  • são, em geral, projetados como rolamentos de uma carreira, com exceção dos rolamentos de duas carreiras das séries RNA 69 (fig. 6) e NA 69 com D ≥ 52 mm (Fw ≥ 40 mm)

    O conjunto de gaiola e rolos e o anel externo de um rolamento de rolos de agulhas com flanges formam uma unidade não separável.


Os rolamentos de rolos de agulhas com anéis usinados, sem flanges
  • são separáveis, ou seja, o anel externo, o conjunto de gaiola e rolos de agulhas e o anel interno podem ser todos montados separadamente (fig. 7)
    Dependendo do projeto do arranjo, os conjuntos de rolos de agulhas e gaiola podem ser montados:
    • junto com o anel externo
    • junto com o eixo
    • junto com o anel interno
    • entre o anel externo e o eixo ou o anel interno como etapa final.
    No entanto, os conjuntos de gaiola e rolos de agulhas e os anéis externos do rolamento sempre devem ser mantidos juntos, como são fornecidos.
  • são normalmente projetados com um conjunto de gaiola e rolos de agulhas
    No entanto, os tamanhos largos possuem dois conjuntos de gaiola e rolos de agulhas imediatamente adjacentes entre si e canal circular e um furo para lubrificação no anel externo (fig. 8).
Arranjos com outros rolamentos

Para acomodar cargas radiais e axiais combinadas, os rolamentos de rolos de agulhas com anéis usinados podem ser combinados com um rolamento axial de agulhas com um flange de centragem, série AXW, se o diâmetro externo D do rolamento radial for igual ao diâmetro do flange D1 do rolamento axial (fig. 9, fig. 10).

Para obter mais informações, consulte Rolamentos axiais de agulhas.
Soluções em vedação

Rolamentos vedados

  • estão disponíveis na série (R)NA 49 com uma vedação de contato feita de NBR (eficaz para manter o lubrificante dentro e os contaminantes fora do rolamento) em um (fig. 11) ou em ambos os lados (fig. 12)
  • têm um anel interno que é 1 mm mais largo do que o anel externo, o que mantém a eficácia das vedações e simplifica os arranjos de rolamentos, mesmo quando ocorrem pequenos deslocamentos axiais

Quando os rolamentos tampados devem operar em determinadas condições, como em velocidades muito altas ou temperaturas elevadas, pode ocorrer vazamento de graxa. Em arranjos de rolamentos em que esta situação seja prejudicial, deverão ser tomadas medidas adequadas.

Vedações externas associadas

  • podem ser usados para arranjos de rolamentos de rolos de agulhas (sem um anel interno)
  • pode ser fornecido em vários tamanhos (→ tabela de produtos)

Para obter mais informações sobre vedações de transmissão de potência, consulte Vedações.


Graxas para rolamentos com tampa
Os rolamentos de rolos de agulhas com uma ou duas vedações são fornecidos lubrificados. Eles são preenchidos com graxa de vida útil longa (tabela 1) em condições limpas.

A quantidade relativamente grande de graxa nos rolamentos significa que estes podem trabalhar por longos períodos, antes que uma relubrificação seja necessária (→ Realização do cálculo). A SKF recomenda a graxa SKF LGWA 2 (tabela 1) se for necessária relubrificação.

Recursos de relubrificação

A SKF fornece rolamentos de rolos de agulhas com diferentes características para facilitar a lubrificação e relubrificação eficazes.

Rolamentos de rolos de agulhas com anéis usinados:

  • com flanges e D ≥ 19 mm (F, Fw ≥ 12 mm)
    • têm um canal circular e, dependendo do tamanho do rolamento, um ou mais furos para lubrificação no anel externo (fig. 5)
  • com vedação(ões)
    • possuem um furo para lubrificação adicional no anel interno (fig. 11, fig. 12)
  • de duas carreiras e sem flanges 
    • possuem um canal circular com um furo para lubrificação no anel externo (fig. 8)
  • sem flanges e com um anel interno
    • possuem um furo para lubrificação no anel interno para determinados tamanhos (→ tabela de produtos)
Gaiolas

Os rolamentos de rolos de agulhas SKF com anéis usinados são equipados com uma das gaiolas mostradas na tabela 2.

Os rolamentos de duas carreiras de rolos de agulhas com anéis usinados são equipados com dois conjuntos de gaiola (fig. 6).

Quando usados em temperaturas altas, alguns lubrificantes podem causar um efeito prejudicial nas gaiolas de poliamida. Para obter mais informações sobre a adequação de gaiolas, consulte Gaiolas.

SKF logo