Ajuste coletivo

Esse método também pode ser chamado de “ajuste estatístico aleatório”. Com esse método, os rolamentos, o eixo, o mancal e outros componentes foram fabricados com tolerâncias normais. Os componentes, considerados totalmente intercambiáveis, são montados de forma aleatória. Com relação aos rolamentos de rolos cônicos, essa intercambialidade também se estende às montagens dos anéis internos e anéis externos. Para evitar altos custos de usinagem e o uso de rolamentos de precisão, supõe-se que fornecidos os valores limitantes das tolerâncias, é estatisticamente improvável que ocorra avanço de tolerância. Se, no entanto, a pré-carga correta tiver que ser obtida com a menor dispersão possível, as tolerâncias de fabricação deverão ser reduzidas. A vantagem do ajuste coletivo é que nenhuma inspeção é necessária, como também não é necessário nenhum equipamento extra para a montagem de rolamentos.
SKF logo