Consideração de aditivos EP

Sabe-se que alguns aditivos EP no lubrificante podem estender a vida útil do rolamento onde a lubrificação pode ser deficiente sem eles, como por exemplo, quando κ < 1 e se o fator para o nível de contaminação ηc > 0,2, de acordo com DIN ISO 281 Adendo 1:2003, um valor de κ = 1 poderá ser utilizado no cálculo se um lubrificante com aditivos EP comprovadamente eficazes for utilizado. Nesse caso, o fator de modificação de vida aSKF deve ser limitado a ≤ 3, mas não menos que aSKF para lubrificantes normais.
Para a faixa restante, o fator de modificação de vida aSKF pode ser determinado, utilizando-se o κ real da aplicação. No caso de contaminação grave, como por exemplo, fator de contaminação ηc < 0,2, o possível benefício de um aditivo EP deve ser provado com testes. Também devem ser consultadas as informações sobre aditivos EP apresentadas na seção Capacidade de carga, aditivos EP e AW.
SKF logo