Velocidades

Noções básicas sobre velocidades de rolamentos

Há um limite para a velocidade na qual os rolamentos podem ser operados. Geralmente, o limite de temperatura do lubrificante ou do material dos componentes do define o limite de velocidade.
A velocidade na qual o rolamento atinge o limite de temperatura operacional depende do calor gerado no rolamento, de algum calor aplicado externamente e da quantidade de calor que pode ser transferida para longe do rolamento.
A quantidade de calor gerado no rolamento depende do tipo e tamanho do rolamento, projeto interno, carga, lubrificação e alinhamento. Entre outros fatores estão o projeto da gaiola, a precisão e a folga interna.
Nas tabelas de produtos, geralmente duas velocidades são listadas: velocidade de referência (térmica) e velocidade-limite (mecânica).
Em geral, a velocidade limite é maior que a velocidade de referência para um rolamento. Para algumas série de rolamentos, no entanto, devido às características favoráveis de atrito em comparação com a capacidade mecânica do rolamento para suportar altas velocidades, a velocidade de referência pode ser maior do que a velocidade limite. Em todos os casos, no entanto, a velocidade limite do rolamento deve ser sempre observada, mesmo sob as condições operacionais mais favoráveis.
SKF logo