Materiais da gaiola

Resina fenólica

A resina fenólica reforçada de algodão é um material leve. As gaiolas feitas com esse material podem suportar altas forças de inércia e temperaturas operacionais de até 120 °C. O material tende a absorver óleo, ajudando a lubrificação do contato da gaiola/corpos rolantes e oferecendo uma margem de segurança para escoamento, caso haja alguma interrupção no fornecimento de lubrificante.

A resina fenólica reforçada de algodão é o material padrão para gaiolas em rolamentos de esferas de contato angular de superprecisão.

Poliamida 66

A poliamida 66 (PA66), com ou sem reforço de fibra de vidro, caracteriza-se por uma combinação favorável de resistência e elasticidade. Devido às suas excelentes propriedades deslizantes em superfícies de aço lubrificadas e ao acabamento superior das superfícies de contato, as gaiolas de PA66 reduzem o atrito, o calor de atrito e o desgaste. O PA66 pode ser usado em temperaturas operacionais de até 120 °C. No entanto, alguns óleos sintéticos e graxas à base de óleo sintético e lubrificantes contendo aditivos EP, quando usados em altas temperaturas, podem apresentar um efeito prejudicial nas gaiolas em PA66. Para obter informações sobre a adequação das gaiolas, consulte Gaiolas e Materiais da gaiola.
PA66 é o material padrão de gaiolas para muitos rolamentos de rolos cilíndricos e rolamentos axiais de esferas de contato angular de superprecisão.

Polieteretercetona

A polieteretercetona (PEEK) reforçada com fibra de vidro ou de carbono é popular para aplicações exigentes em que existem altas velocidades ou altas temperaturas ou uma necessidade de resistência química. A temperatura máxima para uso em alta velocidade é limitada a 150 °C, pois esta é a temperatura de amolecimento do polímero. O material não mostra sinais de envelhecimento pela temperatura ou por aditivos de óleo de até 200 °C.

PEEK é o material padrão das gaiolas para alguns rolamentos de esferas de contato angular de superprecisão e para rolamentos de rolos cilíndricos de projetos de alta velocidade.

Latão

O latão não é afetado pelos lubrificantes de rolamentos mais comuns, incluindo óleos sintéticos e graxas, e pode ser limpo usando-se solventes orgânicos normais. As gaiolas em latão podem ser utilizadas em temperaturas operacionais de até 250 °C.

Gaiolas em latão usinado são usadas em uma série de rolamentos de duas carreiras de rolos cilíndricos de superprecisão e em rolamentos axiais de esferas de contato angular de escora dupla e são o padrão para os grandes rolamentos de esferas de contato angular de superprecisão (d ≥ 300 mm).

Outros materiais de gaiola

Além dos materiais descritos acima, os rolamentos de superprecisão SKF para aplicações especiais podem ser ajustados com gaiolas feitas de outros polímeros desenvolvidos, ligas leves ou aço prateado. Para obter informações sobre materiais alternativos para gaiolas, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
SKF logo