Recomendações de montagem

Comparados a outros rolamentos, a montagem de rolamentos de superprecisão necessita de mais exatidão, mais cuidado e habilidades mais avançadas.

Montagem de rolamentos com anéis de paredes finas

Rolamentos de superprecisão muitas vezes têm anéis relativamente finos em relação a seu tamanho. Para tais rolamentos, somente forças limitadas de montagem devem ser aplicadas. Portanto, a SKF recomenda o uso de métodos de montagem a quente para todos os rolamentos de superprecisão com anéis de paredes finas. Para rolamentos da série NNU 49 com furo cônico, a SKF recomenda o uso do método de injeção de óleo.

Montagem a quente

Os rolamentos de superprecisão são montados tipicamente com um baixo grau de interferência. Isso significa que uma diferença relativamente pequena entre a temperatura do anel do rolamento e seus componentes conjugados é necessária. As diferenças de temperatura a seguir normalmente são suficientes:
  • 20 a 30°C entre o anel interno e o eixo.
  • 10 a 30 °C entre o furo do mancal e o anel externo.
Para aquecer os rolamentos de modo uniforme e confiável, a SKF recomenda a utilização de aquecedores por indução elétricos SKF (fig. 1). Buchas escalonadas são, às vezes, utilizadas para fixar rolamentos em um eixo e são, portanto, montadas com um ajuste interferente apertado. Por esse motivo, as buchas escalonadas precisam de uma diferença maior de temperatura entre os componentes conjugados durante a instalação. As diferenças de temperatura para instalação estão listadas para:
  • buchas escalonadas sem anéis em "O" tabela 1
  • buchas escalonadas com anéis em "O" tabela 2
SKF logo