Cargas

Ao selecionar rolamentos de superprecisão SKF para aplicações de alta velocidade, a vida nominal calculada (e, portanto, a classificação de carga básica) geralmente não é um fator limitante. Outros critérios, como rigidez, tamanho do furo necessário no eixo oco, velocidade de usinagem e precisão, normalmente são os fatores decisivos.
Ao selecionar o tipo de rolamento, a magnitude e a direção da carga exercem um papel importante.

Cargas radiais

Os rolamentos de rolos cilíndricos de superprecisão podem suportar cargas radiais mais pesadas do que os rolamentos de esferas do mesmo tamanho. Eles não conseguem suportar cargas axiais, mas podem acomodar uma quantidade limitada de deslocamento axial entre seus anéis interno e externo, porque não existem flanges no anel interno ou no externo, dependendo do projeto específico.

Cargas axiais

Rolamentos axiais de esferas de contato angular de escora dupla das séries BTW e BTM são projetados para suportar apenas cargas axiais, que atuam nas duas direções. Conjuntos de rolamentos de esferas de contato angular também são uma solução viável, principalmente em aplicações de alta velocidade.
Para arranjos de rolamentos de grande porte ou para aqueles sujeitos a cargas axiais muito pesadas, rolamentos axiais de esferas de escora simples ou rolamentos axiais de rolos cilíndricos especiais são recomendados. Para obter informações detalhadas sobre esses rolamentos especiais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
Para assegurar que o rolamento axial seja submetido somente à carga axial, a arruela da caixa de mancal deve ser montada com folga radial.

Cargas combinadas

Uma carga combinada consistem na carga radial e axial atuando simultaneamente (fig. 1). Uma maneira muito eficaz de acomodar cargas combinadas é usar tipos de rolamentos que possam acomodar cargas radiais e axiais.

Os rolamentos de superprecisão com essas características incluem:

  • rolamentos de esferas de contato angular das séries 718, 719, 70 e 72
  • rolamentos axiais de esferas de contato angulares de escora simples das séries BSA e BSD
  • rolamentos axiais de esferas de contato angulares de escora dupla das séries BEAS e BEAM
  • rolamentos radiais e axiais de rolos cilíndricos da série NRT

A capacidade de um rolamento acomodar uma carga axial ou radial é determinada pelo ângulo de contato α (fig. 1). Um rolamento com ângulo de contato de 0° pode acomodar apenas cargas puramente radiais. À medida que o ângulo de contato aumenta, a capacidade de carga axial cresce proporcionalmente. Quando o ângulo de contato atinge 90°, o rolamento se torna um rolamento axial com número máximo de rolos, capaz de suportar apenas cargas axiais. No entanto, a capacidade de velocidade é inversamente proporcional ao ângulo de contato, o que significa que, à medida que o ângulo de contato aumenta, a capacidade de velocidade diminui.

Os rolamentos axiais e radiais de rolos cilíndricos acomodam os componentes axial e radial de uma carga combinada com carreiras separadas de rolos perpendiculares um ao outro.
Em aplicações em que há cargas combinadas com um componente de cargas axiais muito pesadas, as cargas radial e axial podem ser suportadas por rolamentos separados.
SKF logo