Projeto dos componentes associados

Pinos

Os rolos de suporte geralmente operam em condições de carga estacionária no anel interno. Para esse tipo de carga, e se for necessário um deslocamento fácil do anel interno, o pino ou eixo deve ser usinado de acordo com a classe de tolerância g6.
A classe de tolerância recomendada para pinos em rolos de suporte sem anel interno é k5. Para explorar plenamente toda a capacidade de carga dos rolos de suporte, as pistas dos pinos precisam ter a dureza e o acabamento de superfície normalmente encontrados em pistas de rolamentos.
Para obter mais informações, consulte a seção Pistas dos eixos e dos mancais.

Superfícies de apoio

As superfícies de apoio dos anéis externos dos rolos de suporte sem anéis de flange devem ser bem torneadas e estar limpas e livres de rebarbas. Superfícies não temperadas devem se estender até pelo menos a metade da face lateral do anel externo (fig. 1) enquanto superfícies temperadas podem ser menores.
Rolos de suporte submetidos a cargas muito pesadas com anéis de flange devem ser apoiados axialmente sobre todas as faces laterais do anel do flange (fig. 2), e a superfície de apoio deve ser dimensionada de acordo com o diâmetro d1 (→ tabelas de produtos).

Folga axial

Os rolos de suporte sem anéis de flange, mas com anéis internos e os rolos de suporte com anéis de flange, devem ser fixados sem folga axial (fig. 2).
Rolos de suporte sem anel interno devem ter uma folga axial ≥ 0,2 mm entre o anel externo e as superfícies de apoio (fig. 1).
SKF logo