Capacidade de transmissão

A tabela fornece o diâmetro mínimo exigido do cubo (Dcubo) para vários materiais quando a bucha SH está completamente coberta pelo cubo (fig 1).

Exemplo de designação

Bucha com componentes externos entalhados para eixo de 20 mm = SHT 20.

Largura do cubo menor que a bucha

Se a largura do cubo for menor que L (fig 2), o diâmetro do cubo deverá ser multiplicado pelo fator fk obtido no diagrama 1.

Exemplo

Bucha SH SHT 40
Limite de rendimento do material do cubo Rp 0,2 = 200 N/mm2
Largura do cubo Lx = 31,5 mm
O diâmetro mínimo exigido do cubo é obtido da seguinte maneira:
Lx/L = 31,5/45= 0,7
Do diagrama, fk = 1,18
Diâmetro mínimo do cubo = Dhub fk = 89 × 1,18 = 105 mm

Força axial e torque atuando simultaneamente

Se a junta for simultaneamente sujeita a um torque e uma força axial, o torque resultante será obtido através da equação:

MvR = √(Mv2 + (Pax d/2.000)2)

onde

MvR=torque resultante máximo [Nm]
Mv=torque atuante na bucha [Nm]
Pax=força axial atuante na bucha [N]
d=diâmetro do eixo, mm

Exemplo

A bucha SHT 50 é sujeita a uma força axial de 20.000 N e, simultaneamente, a um torque de 500 Nm. O fator da máquina fd é estimado como 1,5.
MvR = √(5002 + (20.000 × 50/2.000)2) = 707 Nm
De acordo com a tabela, o torque máximo para SHT 50 é 1.625 Nm. O torque permitido é:
1.625/1,5 = 1.083 Nm

Transmissão de carga

O torque de deslizamento estático e a força de deslizamento axial máximos são fornecidos na tabela do produto. Com carga dinâmica, a capacidade de transmissão é obtida dividindo-se pelo fator da máquina fd (tabela).
SKF logo