Válvulas de mistura

As válvulas de mistura combinam uma quantidade dosada de óleo com um fluxo de ar para formar uma mistura ar-óleo. Elas são montadas na linha de ar comprimido que vai até o ponto de consumo. Além de válvulas de dosagem não ajustáveis, existem distribuidores de válvulas de dosagem ajustáveis que permitem regular individualmente a vazão. Os distribuidores de válvulas de medição são utilizados em sistemas de lubrificação por perda total e sistemas de lubrificação circulante.

Existem válvulas de mistura com ou sem unidades de medição integradas disponíveis. Na tabela, encontram-se os detalhes técnicos de válvulas de mistura.

Válvulas de mistura sem unidade de dosagem integrada

Quando não há espaço disponível para a montagem direta de um cabeçote de mistura, uma válvula de mistura pode ser inserida diretamente na linha de ar comprimido, o mais perto possível do ponto de consumo. É possível fazer ramificações para vários pontos de consumo.
Para fornecer o óleo, as válvulas de mistura sem uma unidade de dosagem integrada precisam de um distribuidor com pistão de dosagem, de um sistema de lubrificação de linha simples operando de maneira intermitente ou de um lubrificador por injeção de óleo.

Válvulas de mistura com unidade de dosagem integrada

Ao contrário das válvulas de mistura sem unidades medidoras integradas, estas têm um pistão distribuidor embutido que mede o óleo. O conector de óleo da válvula de mistura deve ser conectado diretamente à linha principal do sistema de lubrificação centralizada de linha simples, sem interconexão com um distribuidor de pistão adicional.

A quantidade necessária de óleo pode ser selecionada, usando-se um niple de medição intercambiável.

Documentos relacionados

SKF logo