Unidades de bombeamento por óleo circulante

Os sistemas de lubrificação por óleo circulante podem ser classificados da seguinte maneira:
  • O lubrificante distribuído por uma bomba é dividido entre resistores hidráulicos (tubos com orifícios, distribuidores de válvulas de dosagem ajustáveis, aceleradores)
  • Aporte volumétrico da saída de limitadores de vazão ou alimentadores progressivos, 
  • Aporte volumétrico da saída de bombas de múltiplos circuitos, como bombas de engrenagem de múltiplos circuitos ou bombas de pistão de múltiplos circuitos com uma bomba para cada ponto de lubrificação.
As taxas de alimentação reais podem ser controladas visualmente ou eletronicamente. Sistemas de monitoramento com níveis de aviso individuais estão disponíveis para uma abordagem de manutenção mais preditiva.

Os sistemas SKF CircOil incluem uma ampla variedade de soluções prontas e sob medida para taxas de fluxo que variam de 0,1 a 3.000 l/min:

Exemplo: a unidade de bombeamento SKF Streamline com um tanque de até 40.000 litros de capacidade e reservatórios de óleo inovadores como a unidade de bombeamento SKF Flowline que ajuda a reduzir consideravelmente o consumo de óleo. As unidades de bombeamento 143, M/MF e MFE podem ser usadas em sistemas menores de lubrificação SKF CircOil.

Na tabela, encontra-se uma visão geral com detalhes técnicos das unidades de bombeamento por óleo circulante de diferentes tamanhos.
SKF logo