Bombas de pistão

As bombas de pistão baseiam-se no princípio de deslocamento positivo recíproco.

Durante o primeiro ciclo, o lubrificante é sugado através de uma válvula de entrada por um pistão que se movimenta dentro de um cilindro. Em seguida, ele é descarregado através da válvula de saída. Assim que a rotina de lubrificação termina, a pressão do pistão atuador precisa ser aliviada para que a bomba possa sugar o lubrificante novamente. Uma vez aliviada a pressão da linha, os distribuidores conectados podem reverter e ser reabastecidos para o ciclo de lubrificação seguinte.

Em sistemas de lubrificação centralizada, as bombas de pistão são quase que exclusivamente utilizadas para sistemas de lubrificação por perda total. As bombas variam quanto as suas versões técnicas, dependendo do tipo de sistema e do lubrificante utilizado. As bombas de pistão podem ser instaladas separadamente do reservatório de lubrificante ou combinadas diretamente com um reservatório de lubrificante na forma de uma unidade de bombeamento compacta. Em outros modelos, são montadas dentro da máquina, diretamente no flange no reservatório de lubrificante.

A SKF oferece uma linha completa de diversos modelos de unidades de bombeamento para uma série de aplicações e modos de acionamento específicos.

Bombas de pistão com diferentes tipos de acionamentos

SKF logo