Vedações HMS5 e HMSA10

Características principais

As vedações radiais de eixo de diâmetro externo em borracha métricos da SKF, HMS5 (fig. 1) e HMSA10 (fig. 2), foram projetadas de acordo com a ISO 6194-1 e DIN 3760 para uso em uma ampla gama de aplicações industriais. A variedade de dimensões disponível para as vedações HMS5 e HMSA10 inclui uma cobertura completa das dimensões ISO 6194-1 e DIN 3760 para diâmetros de eixo de até 250 mm (9842 pol), assim como uma ampla gama de dimensões comumente usadas no mercado. Novas dimensões são acrescentadas continuamente. As principais características incluem:
  • material otimizado do lábio de vedação
  • lábio de vedação tensionado por mola
  • lábio de vedação e seção flexível perfeitamente balanceado
  • diâmetro externo perfilado
  • lábio auxiliar (apenas vedantes HMSA10)

Design

O diâmetro externo de borracha proporciona uma capacidade de vedação otimizada no mancal e também em casos de rugosidade superficial considerável ou em caixas bipartidas. As perfilações no diâmetro externo oferecem maior capacidade de vedação e retenção no furo. Eles também evitam o a queda da mola durante a instalação.
O lábio de vedação tensionado por mola contribui para uma resposta rápida na manipulação do desvio dinâmico e na manutenção do desempenho da vedação, mesmo quando o desgaste do lábio de vedação é excessivo.
O lábio de vedação e a seção flexível são balanceados de forma ideal para suportar tanto o alto desvio dinâmico quanto o desalinhamento entre eixo e furo.
O lábio auxiliar nas vedações HMSA10 não tem contato, o que significa que os vedantes podem operar normalmente nas mesmas velocidades que os vedantes HMS5 com um lábio.

Material

O composto de borracha nitrílica otimizado usado nas vedações HMS5 e HSMA10 possui o sufixo de designação RG. O composto é resultado de longa experiência e das mais recentes descobertas da SKF em desenvolvimento de materiais para vedações. As vantagens desse material incluem:
  • boa resistência ao envelhecimento
  • muito boa capacidade de bombeamento
  • boa resistência ao desgaste
A capacidade de bombeamento é definida pelo tempo necessário para que a vedações retorne uma determinada quantidade de óleo do lado do ar para o lado do óleo. A microestrutura do composto de borracha nitrílica RG da SKF promove o rápido bombeamento do óleo (tabela). No diagrama 1, os resultados dos testes de resistência mostram a vida útil prolongada das vedações feitas do composto nitrílico otimizado.
A linha completa das vedações HMS5 e HMSA10 também está disponível em um composto de borracha fluorada com uma mola de lâmina em aço inoxidável. Esse composto de borracha possui o sufixo de designação V e é utilizado em aplicações com temperaturas acima dos limites da borracha nitrílica.

Aplicações e condições de funcionamento

As vedações HMS5 e HMSA10 foram projetadas para aplicações lubrificadas com graxa ou óleo e temperaturas operacionais que variam de -40 a 100 °C (-40 a 210 °F), curto prazo de até 120 °C (250 °F). Essas vedações também são apropriados para vedação de lubrificantes em uma ampla gama de viscosidades.
Velocidade periférica:até 14 m/s (2.755 pés/min)
Pressão operacional:máx. 0,03 MPa (5 psi)
Esses valores são o valor máximo para cada condição de funcionamento, não devendo ocorrer juntos. Deve-se levar em consideração a maneira como as condições de funcionamento se afetam mutuamente.
SKF logo