Superfície de apoio

Uma superfície de apoio bem torneada é adequada para anéis em V. Os valores adequados de rugosidade superficial variam conforme a velocidade periférica (tabela). A SKF recomenda a lustração de todas as superfícies torneadas com uma lixa para a remoção de qualquer ponta afiada produzida pela operação de torneamento. O acabamento da superfície deve estar a aproximadamente 90 graus em relação ao caminho da ranhura para que se obtenha uma leitura real da superfície.

Tratamento da superfície de apoio

Na presença de graxa, óleo ou lubrificantes secos, nenhum tratamento de superfície de apoio especial é necessário. Superfícies de apoio de aço doce expostas à água e outros elementos corrosivos devem ser revestidas com zinco ou passivadas. Eixos cromados ou revestidos de cádmio devem ser pintados ou tratados com um spray anticorrosivo.

Informações adicionais sobre a superfície de apoio

As superfícies de alumínio não devem ter marcas de arranhões. A dureza da superfície deve ser > 100 HB em aplicações abrasivas. O alumínio injetado pode ser usado em uma condição de acordo com a fundição.
Superfícies de aço e ferro fundido não devem ter chumbo nem marcas de ferramentas afiadas. A estampagem de aço de laminador a frio pode ser usada sem usinagem.
Os materiais plásticos da superfície de apoio geralmente não são aceitos em função de sua baixa dissipação de calor.
O aço inoxidável deve ser usado em aplicações com funcionamento a seco, a menos que a velocidade seja inferior a 1 m/s (200 pés/min).
SKF logo