Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Acabamento superficial e revestimentos

Acabamento superficial e revestimentos - imagem
Superfícies de contato de corpos rolantes do rolamento são de extrema importância para o desempenho e a vida útil do produto. O atrito dos rolamentos depende muito da qualidade das superfícies. Portanto, aplicações de corrida prestam uma atenção especial à qualidade de fabricação das superfícies brutas. Em algumas condições de aplicação, revestimentos específicos são usados para melhorar o desempenho.

Processos de acabamento de rolamentos padrão incluem retificação, além das operações de acabamento, como lixação ou polimento. Eles geralmente geram padrões de usinagem anisotrópicos alinhados. Para melhorá-los, superfícies isotrópicas com "bolsas de lubrificação" feitas por um processo de fabricação mecânica foram patenteadas pela SKF. Dessa forma, é possível gerar superfícies superacabadas com valores de rugosidade extremamente baixos. As superfícies isotrópicas podem gerar benefícios nas propriedades de resistência a atrito e ao desgaste quando expostas a condições de lubrificação marginais.

Outro aspecto das superfícies otimizadas direciona para revestimentos que podem ser aplicados aos corpos rolantes e às pistas, com o objetivo de reduzir o desgaste e atrito. Para isso, revestimentos semelhantes a DLC, como o NoWear, são inventados e usados pela SKF.

Para proteger gaiolas metálicas feitas de aço, alumínio ou titânio, uma ampla variedade de revestimentos está disponível, como o revestimento de prata, DLC e anodização.
SKF logo