Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Inovação da SKF ajuda projeto de energia maremotriz flutuante a garantir subvenção de € 10 milhões

  • Artigo

    2016 Abril 26, 10:00 CEST

    Com o fornecimento pela SKF de suporte de engenharia de projeto e tecnologia de ponta, a Scotrenewables recebeu uma subvenção da Comissão Europeia para avançar a comercialização de tecnologia de energia maremotriz flutuante.

    Gotemburgo, Suécia, 26 de abril de 2016: A tecnologia líder no setor e o suporte de engenharia de projeto da SKF fazem parte de um projeto inovador de energia maremotriz flutuante que recebeu uma subvenção de € 10 milhões (£ 7,75 milhões) da Comissão Europeia. O projeto Comercialização de energia maremotriz flutuante (FloTEC, Floating Tidal Energy Commercialisation), liderado pela Scotrenewables Tidal Power, foi reconhecido pelo programa Horizon2020 da Comissão Europeia por sua capacidade de ilustrar como os sistemas maremotrizes flutuantes podem fornecer energia de baixo custo e alto valor para a rede europeia.

    O projeto partirá da existente tecnologia maremotriz flutuante de dois megawatts da Scotrenewables, a SR2000, a mais potente turbina maremotriz do mundo. O objetivo é demonstrar como dispositivos avançados em escala total operam em condições reais com altos níveis de confiabilidade e sobrevivência, enquanto se desenvolve uma maior compreensão de fatores como custos de instalação, operação e descomissionamento.

    Anunciando a concessão da subvenção Horizon2020, o Ministro de Energia da Escócia, Fergus Ewing, afirmou que o projeto FloTEC “deu um passo significativo em direção à demonstração de que a extração de energia de nossos mares pode ser uma opção economicamente competitiva e comercialmente viável para a produção de energia ecológica limpa”.

    Em trabalho conjunto com outras partes interessadas, a SKF desenvolverá sua sólida parceria com a Scotrenewables para fornecer soluções sofisticadas, incluindo rolamentos, vedações, sistemas de lubrificação e monitoramento de condições, bem como serviços comprovados de suporte de engenharia de projeto, para o desenvolvimento da turbina Mark 2. O protótipo SR2000-M2 apresentará várias inovações, incluindo captação de energia 50% maior por meio de rotores ampliados com velocidade com classificação mais baixa, conversão de energia MV centralizada, armazenamento de energia integrado e amortecedores de carga de amarração.

    Jim Marnoch, gerente de energia marinha da SKF, afirmou: “Tendo estabelecido uma parceria forte com a Scotrenewables durante a concepção da SR2000-M1 ao longo dos últimos três anos, estamos muito satisfeitos pela seleção como parceiro técnico estratégico do projeto FloTEC. Trazemos para o projeto nosso amplo conhecimento em campos similares, como energia eólica, marinha e hidrelétrica, para oferecer suporte de engenharia de projeto e aplicação para essa máquina da próxima geração. Forneceremos soluções a partir das cinco plataformas de tecnologia da SKF, com algumas delas formando sistemas holísticos integrados, ajudando a comprovar o verdadeiro potencial da geração de energia maremotriz.”

    James Murray, gerente de desenvolvimento comercial da Scotrenewables, acrescentou: “A ambição do FloTEC é reduzir o custo da energia maremotriz por meio de várias inovações dirigidas em uma variante aprimorada de nossa turbina maremotriz flutuante SR2000. Com as tecnologias inovadoras e o suporte da SKF, a engenharia está em andamento e inclui hardware avançado de conversão de energia, tecnologias de fabricação de baixo custo, componentes de amarração para redução de carga e armazenamento de energia integrado.”

    O protótipo SR2000-M2 será instalado ao lado do SR2000-M1 na instalação de testes maremotrizes do Centro Europeu de Energia Marinha (EMEC) em Fall of Warness, em Orkney, para formar um arranjo maremotriz flutuante de 4 MW. Ele destacará a viabilidade comercial da energia maremotriz como suprimento de carga de base, ao mesmo tempo que otimizará a extração de energia para arranjos de recursos maremotrizes localmente variáveis.

    Haverá também um forte enfoque na redução do custo de energia nivelado, com consideráveis reduções de custos de capital e operações sendo esperadas em todos os estágios do projeto, construção e demonstração da SR2000-M2. As tecnologias da SKF desempenharão um papel significativo no corte de custos da energia maremotriz por meio do aprimoramento do desempenho e da eficiência.

    Com a conclusão bem-sucedida do piloto, as duas empresas começarão a trabalhar juntas em uma empolgante jornada em direção à comercialização, inicialmente com a instalação de arranjos em pequena escala e, em seguida, com arranjos em grande escala de várias máquinas.

    Aktiebolaget SKF
    (publ.)

    Para obter mais informações, entre em contato com:
    Assessoria de imprensa: Nia Kihlström, +46 31-337 2897; +46 706 67 28 97; nia.kihlstrom@skf.com

    A SKF é um dos principais fornecedores globais de rolamentos, vedações, mecatrônica, sistemas de lubrificação e serviços que incluem suporte técnico, serviços de manutenção e confiabilidade, consultoria em engenharia e treinamento. A SKF está representada em mais de 130 países e possui cerca de 17 mil distribuidores em todo o mundo.
    As vendas anuais em 2015 foram de 75,997 bilhões de coroas suecas, e a empresa empregava 46.635 funcionários. www.skf.com

    SKF® é uma marca registrada do Grupo SKF.

  • Imagem

Download do kit de imprensa

Kit de imprensa (7.9 MB)

SKF logo