Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

SKF e Scotrenewables fazem parceria para desenvolver energia maremotriz flutuante

  • Artigo

    2017 Outubro 12, 10:00 CET

    A equipe da SKF Ocean Energy na Escócia é parceira da Scotrenewables Tidal Power (Scotrenewables) desde o início, incluindo a colaboração no trabalho de desenvolvimento do primeiro protótipo hidrocinético em pequena escala da empresa. As empresas da divisão da SKF desempenharam um importante papel no projeto de desenvolvimento da incomparável turbina SR2000.

    A SKF Ocean Energy trabalhou com a equipe de engenharia da Scotrenewables para fornecer vários componentes e sistemas holísticos importantes para a pioneira turbina maremotriz SR2000, bem como diversos serviços de engenharia relacionados. A SKF também se comprometeu a apoiar a Scotrenewables até a comercialização completa de sua inovadora tecnologia.

    A Scotrenewables foi fundada em 2002 para desenvolver turbinas hidrocinéticas fluviais e maremotrizes econômicas. Em apenas nove anos, a empresa lançou com sucesso a SR250, demonstrador da tecnologia em pequena escala capaz de gerar 250 kW, seguida do protótipo SR2000 de 2 MW, em escala real.

    Lançada em maio de 2016 do estaleiro Harland and Wolff, em Belfast, onde foi construída, a SR2000 de 550 toneladas da Scotrenewables é a maior e mais potente turbina maremotriz flutuante do mundo. Desenvolvida para minimizar o custo de todo o ciclo de vida de produção de eletricidade a partir de energia maremotriz, esse protótipo de 2 MW conta com um sistema de atracação flexível que permite a instalação em qualquer profundidade superior a 25 m, além de vários sistemas de ancoragem adequados à maioria dos leitos marinhos.

    Embora os rotores de 16 metros de diâmetro da SR2000 e sistemas de força duplos de 1 MW tenham sido otimizados para regiões com correntes rápidas, como as da Escócia, do norte da França e do Canadá, o projeto pode ser facilmente adaptado para condições locais de marés com velocidades mais baixas.

    No momento, o primeiro protótipo da SR2000 está passando por testes conectados à rede no European Marine Energy Centre (EMEC), em Orkney, na Escócia. Em breve, ele terá a companhia do protótipo de segunda geração da SR2000, com rotores maiores de 20 metros e armazenamento de energia integrado, formando o primeiro arranjo maremotriz flutuante de 4 MW do mundo.

    A Scotrenewables atingiu a capacidade nominal de 2 MW da turbina SR2000 Mark I em abril de 2017, estabelecendo uma nova referência no setor de energia maremotriz. Durante os testes em andamento no EMEC, a turbina gerou mais de 20 MWh em períodos de teste de 24 horas contínuas, um nível de desempenho equivalente ao estabelecido em turbinas eólicas offshore. Recentemente, ela atingiu 116 MWh em menos de uma semana de geração contínua, fornecendo quase 7% da demanda de energia elétrica de Orkney e mais de 25% da demanda por períodos curtos ao longo de uma semana inteira.

    As equipes da SKF Marine e da SKF Sealing Solutions forneceram, em pouco menos de um ano, uma unidade de rolamento e vedação para a SR2000. A contribuição da SKF incluiu o projeto e a otimização do conjunto do eixo principal, a aquisição de subcomponentes, usinagem de precisão e um conjunto de vedação e rolamento profissional, bem como o comissionamento no local.

    Marian Herold, gerente de desenvolvimento comercial, da Marine and Ocean Energy na SKF, afirma que “esse esforço em equipe nos permitiu atender às expectativas do cliente em termos de confiabilidade, robustez, facilidade de manutenção e reposição de peças, como também nos ajuda a alcançar uma de nossas metas corporativas: fornecer energia sustentável por um preço competitivo”.

    O escopo da colaboração SKF/Scotrenewables inclui o fornecimento de um conjunto de rolamento e vedação do eixo de rotor integrado otimizado para ambientes marítimos rigorosos; um rolamento de giro de torre de alta durabilidade especialmente projetado; sistemas de lubrificação automática; um sistema de monitoramento da condição; e várias buchas e arruelas para o sistema de retração da perna de atracação flexível.

    O desenvolvimento de rolamentos de giro de alta durabilidade capazes de resistir à exposição de longo prazo a ambientes marinhos rigorosos e condições meteorológicas extremas teve como base o extenso trabalho da SKF nos setores naval e de turbinas eólicas. O projeto do rolamento de giro da SR2000 oferece capacidades de vedação melhores e uma geometria interna reprojetada para aumentar a confiabilidade da turbina e reduzir os custos operacionais e de manutenção.

    A nova geometria interna do rolamento na gaiola e nas pistas reduz o atrito e aumenta o desempenho do controle da turbina e do giro. Além disso, o material de vedação à base de poliuretano oferece uma resistência melhor ao ozônio, à radiação UV e à água salgada, oferecendo uma vida útil maior do que as vedações tradicionais à base de nitreto. O projeto de vedação também é menos sensível à deformação dos anéis durante a operação, reduzindo o vazamento de graxa e a entrada de água.

    Agregando o conhecimento adquirido nos setores naval, eólico, de petróleo e gás e hidrelétrico, a SKF desenvolveu várias soluções para os setores de energia ondomotriz e maremotriz – um esforço de desenvolvimento que se beneficiou consideravelmente de parcerias em projetos de engenharia de longo prazo, como o entre as equipes da SKF Ocean Energy e da Scotrenewables.

    A CEO da Scotrenewables, Andrew Scott, reconhece o sucesso da parceria com a SKF: “é essencial para o sucesso do setor maremotriz que nós contemos com as principais empresas da cadeia de suprimento, que têm o conhecimento certo para otimizar suas tecnologias atuais para essa nova aplicação e garantem o fornecimento. Trata-se de uma garantia enorme para a Scotrenewables ter esse compromisso e essa relação com um fornecedor como a SKF enquanto trabalhamos para comercializar nosso produto”.

    “A SR2000 atingiu, e em muitos casos superou, nossas expectativas. Aliado ao fato de que essa é a turbina maremotriz mais potente do mundo em operação, isso significa que estamos contribuindo significativamente para o mix de geração em Orkney apenas com essa unidade”.

    Paul Wheelhouse, ministro do governo escocês para negócios, inovação e energia, acrescenta: “Visitei Orkney há um ano quando a Scotrenewables estava iniciando seu programa de testes da turbina SR2000 no EMEC. Fico muito satisfeito de saber que a SR2000 passou com distinção no teste de sete dias de geração contínua e está gerando uma quantidade de energia impressionante para a rede de Orkney”.

    O projeto da SR2000 é apoiado pelo programa WATERS II do governo escocês, juntamente com investimentos dos acionistas da Scotrenewables: ABB, DP Energy, Fred Olsen, Total e o governo da Escócia (por meio de seu fundo de investimento para energia renovável).

    Aktiebolaget SKF
    (publ.)

    Para obter mais informações, entre em contato com:
    Assessoria de imprensa: Nia Kihlström, +46 31-337 2897; +46 706 67 28 97; nia.kihlstrom@skf.com

    A SKF é um dos principais fornecedores globais de rolamentos, vedações, mecatrônica, sistemas de lubrificação e serviços que incluem suporte técnico, serviços de manutenção e confiabilidade, consultoria em engenharia e treinamento. A SKF está representada em mais de 130 países e tem cerca de 17 mil distribuidores em todo o mundo. As vendas anuais em 2016 foram de 72,787 bilhões de coroas suecas, e a empresa empregava 44.868 funcionários. www.skf.com

    ® SKF é uma marca registrada do Grupo SKF.

  • Imagem

Download do kit de imprensa

Kit de imprensa (3.3 MB)

SKF logo