Cookies no site da SKF

A SKF usa cookies nos sites para ajustar ao máximo as informações exibidas com as preferências de nossos visitantes, como as opções de país e idioma.

Você aceita o uso de cookies da SKF?

Modelos e variantes

Sortimento padrão SKF

As variantes do rolamento autocompensador de esferas SKF são:
  • abertas (fig. 1)
    • com furo cilíndrico
    • com furo cônico, por exemplo, para uso com buchas de fixação (fig. 2)
    • com anel interno prolongado (fig. 3)
  • vedadas (fig. 4)
    • com furo cilíndrico
    • com furo cônico, por exemplo, para uso com buchas de fixação
Rolamentos vedados

Rolamentos vedados com vedações de contato nos dois lados (fig. 5) estão disponíveis:

  • nas séries 22 e 23
  • com diâmetro do furo 10 ≤ d ≤ 70 mm
  • com vedações feitas de NBR reforçado com aço laminado (resistente ao óleo e ao desgaste, sufixo de designação 2RS1)

O desalinhamento angular permitido dos rolamentos vedados é ligeiramente reduzido em comparação com os rolamentos de projeto aberto. 

Graxas para rolamentos com tampa

Os rolamentos vedados em ambos os lados são lubrificados para toda a vida útil do rolamento e praticamente dispensam manutenção. Eles são preenchidos com uma destas graxas padrão, as quais têm boas propriedades inibidoras de corrosão (tabela 1):

  • D ≤ 62 → graxa MT47
  • D > 62 → graxa MT33

Vida útil da graxa para rolamentos tampados

  • é apresentada como L10, ou seja, o período de tempo ao final do qual 90% dos rolamentos ainda estão lubrificados confiavelmente
  • depende da temperatura operacional e do fator de velocidade (diagrama 1)
A vida útil da graxa especificada no diagrama 1 é válida para a seguinte combinação de condições operacionais:
  • eixo horizontal
  • rotação do anel interno
  • carga leve (P ≤ 0,05 C)
  • temperatura operacional dentro da zona verde de temperatura da graxa (tabela 1)
  • máquina estacionária
  • baixos níveis de vibração

Se as condições operacionais forem diferentes, a vida útil da graxa obtida no diagrama deve ser ajustada:

  • para eixos verticais → 50% do valor obtido
  • para cargas mais pesadas (P >0,05 C) → use o fator de redução (tabela 2)
Quando os rolamentos vedados devem operar em determinadas condições severas, como em velocidades muito altas ou em temperaturas elevadas, poderá ocorrer vazamento de graxa no diâmetro tampado. Em arranjos de rolamentos nos quais essa situação pode ser prejudicial, deverão ser tomadas medidas adequadas. Para obter mais informações, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
Rolamentos autocompensadores de esferas grandes
  • estão disponíveis nas séries 130 e 139
  • são equipados com um canal circular no anel externo e (fig. 6):
    • três furos para lubrificação com espaçamento uniforme no anel externo
    • seis furos para lubrificação com espaçamento uniforme no anel interno
  • podem ser usados em qualquer aplicação na qual o baixo atrito é preferível à alta capacidade de carga (por exemplo, na indústria de papel)
Rolamentos com um anel interno prolongado
  • são (fig. 7) projetados para aplicações menos exigentes que usam sistemas de eixos comerciais comuns
  • têm uma tolerância de furo especial, classe JS7 (tabela 3), que facilita a montagem e a desmontagem
  • são fixados axialmente no eixo por meio de uma ranhura em uma extremidade do anel interno que se encaixa em um pino ou parafuso do ressalto (fig. 8) instalado no eixo
    Isso também impede que o eixo gire no furo do rolamento.
Gaiolas

Dependendo da série e do tamanho, os rolamentos autocompensadores de esferas SKF estão equipados com uma das gaiolas mostradas na tabela 4.

Quando usados em temperaturas altas, alguns lubrificantes podem causar um efeito prejudicial nas gaiolas de poliamida. Para obter mais informações sobre a adequação de gaiolas, consulte Gaiolas.

SKF logo