Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Lubrificação

As caixas de mancal SBD e os mancais compensadores THD foram projetados para lubrificação a graxa. O lubrificante deve ser selecionado com base nas condições operacionais do rolamento. Para obter informações adicionais, consulte Seleção de lubrificantes.

Preenchimento inicial com graxa

Se não existirem outras exigências, o espaço livre no rolamento deve ser totalmente preenchido com graxa e o espaço livre no mancal deve ser preenchido até 70 a 80% de seu volume.
Em velocidades acima de 1/3 da velocidade-limite do rolamento, os valores na tabela 1 para mancais SBD e na tabela 2 para mancais THD devem ser reduzidos em 20 a 30% para evitar temperaturas operacionais elevadas. Para obter os limites de velocidades, consulte as informações do produto em questão.
Para ambientes altamente contaminados, use a Solução com três barreiras SKF. Nesse caso, verifique se o mancal consegue suportar rolamentos autocompensadores de esferas SKF vedados. Para obter informações adicionais, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
As quantidades de graxa para enchimento de 80% estão indicadas na tabela 1 para mancais SBD e na tabela 2 para mancais THD. Os valores são válidos para uma graxa de lítio típica (cerca de 0,95 g/cm3) e incluem a graxa para o rolamento.
Na maioria das aplicações, o preenchimento com graxa inicial lubrificará adequadamente o rolamento, até que a graxa seja trocada durante o próximo intervalo de manutenção planejado.

Relubrificação

Algumas aplicações de alta velocidade, alta temperatura ou carga pesada podem exigir que o rolamento seja relubrificado. As caixas de mancal SBD e mancais compensadores THD têm um pino graxeiro tipo botão para lubrificar o rolamento de acordo com a norma DIN 3404. Os mancais SBD têm o pino graxeiro centralizado no topo do corpo do mancal (fig. 1), enquanto os mancais THD têm o pino graxeiro centralizado na lateral do corpo do mancal (fig. 2).
O pino graxeiro só pode ser usado para relubrificar os rolamentos autocompensadores de rolos com um acessório de relubrificação (um canal para lubrificação e furos no anel externo). Ao aplicar graxa através do recurso de relubrificação, o eixo deve estar girando.
Os rolamentos de rolos toroidais CARB devem ser relubrificados pela lateral e não pelo pino graxeiro. Portanto, os rolamentos de rolos toroidais CARB precisam de mancais SBD e THD personalizados. Para obter mais informações, entre em contato com o serviço de engenharia de aplicação SKF.
SKF logo