Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Montagem

Habilidade e cuidado na montagem são pré-requisitos para uma vida útil longa do rolamento. Além disso, a limpeza e a compreensão das causas de falha prematura dos rolamentos também podem ajudar.
Verifique se a superfície de apoio (assento do eixo) e outros componentes, como o mancal, estejam limpos e esmerilhados. Verifique também se esses componentes não contêm partículas abrasivas. Verifique também se há bordas afiadas ou rebarbas ou defeitos de superfície que possam danificar a superfície deslizante das buchas. Quando todos os componentes tiverem sido limpos e verificados, as buchas estarão prontas para instalação.
Para instalar as buchas, com ou sem flange, a SKF recomenda o uso de um encosto de montagem, especialmente buchas com composto (fig. 1) e de filamento enrolado (fig. 2). Para fazer isso, coloque um anel em O no encosto para manter a bucha na posição. Em seguida, coloque a bucha no lugar com uma prensa hidráulica ou mecânica ou batendo de leve no encosto com um martelo. Para facilitar a montagem de buchas pequenas, aplique um fino revestimento de óleo ou graxa ao furo do mancal.
Para buchas maiores, a SKF recomenda o uso de um anel de montagem (fig. 3), pois ele se alinha e centraliza a bucha ao ser pressionado na posição. Ao montar buchas maiores, use no assento uma pasta lubrificante sólida, como o agente anti-contato LGAF 3E SKF, para reduzir o risco de corrosão por atrito e também para reduzir a força necessária para a montagem. A SKF também recomenda que elas sejam resfriadas antes da montagem, especialmente as buchas maiores, nas quais uma força maior é necessária.
Deve-se ter sempre cuidado ao montar buchas FW para não danificar a camada de deslizamento ou as faces laterais.
Para facilitar a montagem das buchas FW, a bucha pode ser dividida em duas metades longitudinalmente usando-se um rebolo com revestimento de diamante. Também deve-se aplicar fluido de resfriamento o suficiente para evitar temperaturas muito altas, pois elas podem destruir a bucha.
As buchas revestidas em bronze e as buchas com composto que precisam ter carregadas pesadas durante a operação devem ser montadas de maneira que a junta de topo fique a 90° em relação à zona carregada durante a operação (fig. 4), caso contrário, a vida útil será reduzida.
A posição do canal para lubrificação das buchas revestidas em bronze depende se há um movimento oscilante ou de rotação e, no segundo caso, a há aplicação de óleo ou graxa para lubrificação (fig. 5).
Durante a montagem, as arruelas axiais devem ser posicionadas de maneira que o suporte de aço encoste na parede do mancal.
Se as rótulas compostas, como no caso das tiras, precisarem ser posicionadas dentro de um mancal usando-se um adesivo, o adesivo deve ser adequado à temperatura operacional esperada e deve ter uma expansão, resistência ao envelhecimento, robustez propriedades de cura adequadas. Se nenhuma experiência operacional estiver disponível, a SKF recomenda entrar em contato com o fabricante para obter orientação. Ao aplicar um adesivo, deve-se ter o cuidado de evitar que ele chegue até a superfície deslizante.
As buchas de bronze sinterizado SKF são impregnadas com lubrificante e, portanto, devem ser mantidas em suas embalagens originais até o momento da montagem. Caso contrário, quando a bucha entrar em contato com materiais absorventes, poderá eliminar o óleo muito rapidamente.
SKF logo