Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Exemplos de cálculo

Os seguintes exemplos de cálculo ilustram os métodos usados para determinar o tamanho do rolamento necessário ou a vida nominal básica das rótulas e terminais de rótula.
1. Apoio de torque de um transportador de concreto - Rótula radial, aço/aço

Dados informados

Carga puramente radial que alterna a direção: Fr = 12 kN
Metade do ângulo de oscilação: β = 15° (fig. 1)
Frequência da oscilação: f = 10 min–1
Temperatura operacional máxima: +80 °C


Requisitos

O rolamento deve ter uma vida nominal básica de 7.000 h.


Cálculos e seleção

Como o rolamento nesta aplicação deve suportar uma carga alternante, a rótula radial de aço/aço é a escolha apropriada. A relubrificação é planejada a cada 40 horas de funcionamento.

Se, para a primeira verificação, foi usado um valor de referência de 2 para a relação de carga C/P (tabela 1), a classificação de carga dinâmica básica C necessária para o rolamento é 


C = 2 P = 24 kN


O rolamento GE 20 ES, com C = 30 kN e um diâmetro de esfera dk = 29 mm é escolhido na tabela de produtos.

Para verificar a adequação do rolamento usando o diagrama pv (diagrama 1), calcule a carga específica do rolamento usando K = 100 na tabela 2.


p = K (P/C) = 100 (12/30) = 40 N/mm2


e a velocidade de deslizamento v usando dm = dk = 29 mm, b = 15° e f = 10 min–1


v = 5,82 x 10-7 dm β f

   = 5,82 x 10-7 x 29 x 15 x 10 = 0,0025 m/s


Os valores de p e v ficam dentro da faixa I de temperaturas operacionais permitidas do diagrama pv (diagrama 1), para rótulas radiais de aço/aço. Para calcular a vida nominal básica da lubrificação inicial, os valores aplicáveis são 


b1=2 (carga de direção alternante)
b2=1 (temperatura operacional < 120 °C da tabela 3)
b3=1,5 (do diagrama 2 para dk = 29 mm)
b4
=1,1 (do diagrama 3 para v = 0,0025 m/s)
b5
=3,7 (do diagrama 4 para β = 15°)
p
=40 N/mm2
v
=0,0025 m/s

Portanto,


Gh = b1 b2 b3 b4 b5 [330 / (p2,5 v)]

     = 2 x 1 x 1,5 x 1,1 x 3,7 [330 / (402,5 x 0,0025)]

     = 160 horas de funcionamento


A vida nominal básica do rolamento que é relubrificado periodicamente pode ser calculado agora usando-se


fβ=5,2 (do diagrama 5)
fH
=1,8 (do diagrama 6 para uma frequência de relubrificação H = GH/N = 160/40 = 4 com o intervalo de relubrificação de 40 h)

GhN = Gh fβ fH = 160 x 5,2 x 1,8
= 1.500 horas de funcionamento


Como essa vida útil é menor do que a vida nominal necessária de 7.000 h, um rolamento maior deverá ser escolhido e o cálculo, refeito.


O rolamento GE 25 ES, com C = 48 kN e dk = 35,5 mm é escolhido. Os valores da carga específica do rolamento ficam dentro da faixa I de temperaturas operacionais permitidas do diagrama pv (diagrama 1)


p = 100 x (12/48) = 25 N/mm2


e a velocidade de deslizamento é


v = 5,82 x 10-7 x 35,5 x 15 x 10 = 0,0031 m/s


Como antes


b1 = 2, b2 = 1, b5 = 3,7


e agora

b3
=
1,6 (do diagrama 2 para dk = 35,5 mm)
b4
=1,2 (do diagrama 3 para v = 0,0031 m/s)

Portanto, a vida nominal básica para lubrificação inicial é

Gh = 2 x 1 x 1,6 x 1,2 x 3,7 x [330 / (252,5 x 0,0031)]

     = 480 horas de funcionamento


Com

fβ=5,2 (do diagrama 5)
fH
=3 (do diagrama 6 para H = GH/N = 480/40 = 12 com o intervalo de relubrificação de N = 40 h)

a vida nominal básica torna-se

GhN = 480 x 5,2 x 3 ≈ 7.490 horas de funcionamento


Este rolamento maior atende ao requisito de vida útil nominal


OBSERVAÇÃO:
O SKF Bearing Calculator realiza esses e vários outros cálculos de forma rápida e precisa. Esse programa pode ser executado quantas vezes desejado para encontrar a melhor solução possível. O SKF Bearing Calculator está disponível on-line em skf.com/bearingcalculator.

2. Articulações do sistema de abertura com tampa - rótula de aço/aço SKF Explorer

Dados informados

Carga puramente radial que alterna a direção Fr = 16 kN
Metade do ângulo de oscilação: β = 5° (fig. 1)
Frequência da oscilação: f = 40 min–1
Temperatura operacional máxima: +80 °C


Requisitos
O rolamento deve ter uma vida nominal básica de 7 mil horas e nenhuma relubrificação deve ser feita.


Cálculo e seleção
Como o rolamento precisa suportar cargas alternantes em uma aplicação com um ângulo pequeno de oscilação e sem relubrificação, foi escolhida uma rótula de aço/aço SKF Explorer.

Se, para a primeira verificação, foi usado um valor de referência de 2 para a relação de carga C/P (Tamanho do rolamento necessário), a classificação de carga dinâmica básica C necessária para o rolamento é


C = 2 P = 32 kN


O rolamento GE 20 ESX-2LS, com uma classificação de carga dinâmica C = 44 kN e um diâmetro de esfera dk = 29 mm é escolhido na tabela de produtos.


Para verificar a adequação do rolamento usando o diagrama pv (diagrama 7), calcule a carga específica do rolamento usando K = 150 N/mm2 (tabela 2). 


p = K (P/C) = 150 x (16/44) = 54,5 N/mm2


e a velocidade de deslizamento v (Tamanho do rolamento necessário) usando dk = 29 mm, β = 5° e f = 40 min–1


v = 5,82 x 10-7 dk β f

   = 5,82 x 10-7 x 29 x 5 x 40

   = 0,0034 m/s


Os valores de p e v ficam dentro da faixa operacional permitida I do diagrama pv (diagrama 7) para rótulas de aço/aço SKF Explorer. Para calcular a vida nominal básica, os valores aplicáveis são 


b1=2 (carga de direção alternante)
b2=0,64 (do diagrama 8, para T = 80 °C)
b3=1,45 (do diagrama 9 para dk = 29 mm)
b5
=1,0 (do diagrama 10 para β = 5°)
p
=54,5 N/mm2
v
=0,0034 m/s

Gh = b1 b2 b3 b5 [5 / (p0,6 x v1,6)]

     = 2 x 0,64 x 1,45 x 1 x [5 / (54,50,6 x 0,00341,6]

     = 7.500 horas de funcionamento


Sendo assim, o rolamento selecionado GE 20 ESX-2LS atende aos requisitos.


OBSERVAÇÃO:

O SKF Bearing Calculator incorpora programas para realizar esses e vários outros cálculos de forma rápida e precisa. Esses programas podem ser executados quantas vezes desejado para encontrar a melhor solução possível. O SKF Bearing Calculator está disponível on-line em skf.com/bearingcalculator.

3. Fixação de amortecedor de veículo fora de estrada - Rótula, aço/PTFE de bronze sinterizado

Dados informados

Carga radial: Fr = 7 kN
Carga axial: Fa = 0,7 kN
Metade do ângulo de oscilação: β = 8° (fig. 1)
Frequência da oscilação: f = 15 min–1
Frequência da carga: 2-5 Hz
Temperatura operacional máxima: +75 °C


Requisitos

Este rolamento deve ter uma vida nominal básica correspondente a uma distância percorrida de 100 mil km em uma velocidade média de 65 km/h sem manutenção.


Cálculo e seleção

Por motivos de projeto, a rótula GE 20 C com combinação de superfícies de contato deslizante de aço/PTFE de bronze sinterizado é sugerida. Na tabela de produtos, é obtida a classificação de carga dinâmica básica C = 31,5 kN e o diâmetro de esfera dk = 29 mm.


Primeiro, a carga dinâmica equivalente do rolamento deve ser determinada por


Fa/Fr = 0,7/7 = 0,1


No diagrama 11, fator y = 1,4. A carga dinâmica equivalente do rolamento é, portanto,

P = y Fr = 1,4 x 7 = 9,8 kN


Para verificar a adequação do rolamento usando o diagrama pv 12, calcule os valores da carga específica do rolamento (usando K = 100 na tabela 2) usando
p = K (P/C) = 100 (9,8/31,5) = 31 N/mm2

e a velocidade de deslizamento (dm = dk = 29 mm)


v = 5,82 x 10-7 dm β f

   = 5,82 x 10-7 x 29 x 8 x 15 = 0.002 m/s


Os valores de p e v ficam dentro da faixa I de temperaturas operacionais permitidas do diagrama pv 12), para rótulas radiais de aço/PTFE de bronze sinterizado, em que

b1=0,2 (da tabela 4 para uma frequência de carga superior a 0,5 Hz e 25 < p < 40 N/mm2)
b2=1 (do diagrama 13 para temperaturas < 80 °C)

A vida nominal básica de um rolamento GE 20 C com combinação de superfícies de contato deslizante de aço/PTFE de bronze sinterizado é

Gh = b1 b2 [1 400 / (p1,3 v)]

     = 0,2 x 1 x [1400 / (311,3 x 0,002)]

     = 1.600 horas de funcionamento


A vida nominal básica corresponde a uma distância (em velocidade média de 65 km/h) de 1.600 x 65 = 104.000 km. Portanto, o rolamento atende ao requisito de vida útil nominal.
4. Cilindro hidráulico de 320 bar em uma prensa totalmente automática para construção de resíduo industrial - Rótula radial, aço/tecido PTFE

Dados informados

Carga radial (direção constante)

Caso de
operação
Carga
Fr
Período
t
I300 kN10%
II180 kN40%
III120 kN50%


O número de ciclos da prensa n = 30 por hora, e o movimento entre as posições de extremidade (90°) é feito em 10 segundos. A faixa de temperaturas operacionais é inferior a +50 °C.


Requisitos

É necessária uma rótula radial que dispensa manutenção com combinação de superfícies de contato deslizante de aço/tecido PTFE para uma vida útil nominal de 5 anos com 70 horas de funcionamento por semana.


Cálculo e seleção

Usando um valor de referência para a relação de carga C/P = 2 (tabela 1), e com P = FrI a classificação de carga dinâmica básica necessária

C = 2 P = 2 x 300 = 600 kN


Na tabela de produtos, o rolamento GE 60 TXE-2LS com uma carga dinâmica básica C = 695 kN e o diâmetro de esfera dk = dm = 80 mm é selecionado.

Primeiramente, é necessário verificar se os casos de operação I a III ficam dentro da faixa permitida do diagrama pv 14. A velocidade de deslizamento é a mesma em todos os três casos. O ângulo de oscilação é especificado como 2β, o período t como o tempo necessário para passar por 2β em segundos. A duração total do ciclo é 4β (fig. 1).


v = 8,73 x 10-6 dm (2β/t)

   = 8,73 x 10-6 x 80 x (90/10) = 0,0063 m/s


A carga específica do rolamento, p = K(P/C), usando-se K = 300 da tabela 2, é


para o caso I

pI = K P/C = 300 x (300/695) = 129,5 N/mm2

para o caso II

pII = K P/C = 300 x (180/695) = 77,7 N/mm2

para o caso III

pIII = K P/C = 300 x (120/695) = 51,8 N/mm2


Os valores de pI, pII, pIII e v estão dentro da faixa I permitida do diagrama pv 14.


Para fazer a estimativa de vida para diferentes cargas e/ou velocidades de deslizamento, o cálculo de cada caso de carga deve ser feito separadamente, com a equação dos rolamentos TX primeiro


Gh = b1 b2 b4 (Kp/pnv)


Os parâmetros b1, b2, b4, Kp e n são os seguintes


b1=1 (da tabela 5, carga constante)
b2=1 (do diagrama 2, para temperaturas operacionais < +50 °C)
b4=1,45 (do diagrama 16)


b4 I = 0,31


b4 II = 0,48


b4 III = 1,57
Kp
=1,0 (da tabela 6)


Kp I = 40.000


Kp II = 4.000


Kp III = 4.000
n
= (da tabela 6)


n1 = 1,2


n2 = 0,7


n3 = 0,7

para o caso I  


GhI = 1 x 1 x 0,31 x [40 000/(129,51,2/0,0063)]

      = 5.745 horas de funcionamento


para o caso II


GhII = 1 x 1 x 0,48 x [4 000/(77,70,7/0,0063)]

      = 14.477 horas de funcionamento


para o caso III


GhIII = 1 x 1 x 0,57 x [4 000/(51,80,7/0,0063)]


Usando as vidas nominais básicas calculadas dos três casos de operação, a vida nominal básica total em operação contínua é




Para tI, tII etc., as porcentagens informadas nos dados operacionais são inseridas (com T = tI + tII + tIII = 100%.)



     ≈ 14.940 horas de funcionamento


A vida necessária de cinco anos deve ser atingida pressupondo-se que a máquina seja operada 70 h/semana, 30 ciclos/hora e 50 semanas por ano, até 525 mil ciclos ou 2.916 horas de funcionamento. (Observe que o tempo de um ciclo completo é 20 s.)


GN, Req = 5 x 70 x 30 x 50 = 525.000 ciclos
Gh, Req = (525 000 x 20)/3600 = 2.916 h
5. Articulações da instalação de uma esteira transportadora - Terminal de rótula, aço/aço

Dados informados

Carga radial de direção alternante Fr = 5,5 kN
Metade do ângulo de oscilação: β = 15° (fig. 1
Frequência da oscilação: f = 25 min–1 
Temperatura operacional: +70 °C


Requisitos

É necessário um terminal de rótula que forneça uma vida nominal básica de 9.000 horas sob condições de carga alternante.


Cálculo e seleção

Como a carga é alternante, um terminal de rótula de aço/aço é indicado. A relubrificação é planejada a cada 40 horas de funcionamento. Usando um valor de referência para a relação de carga C/P = 2 da tabela 1, e como P = Fr, a classificação de carga dinâmica básica é


C = 2 P = 2 x 5,5 = 11 kN


O terminal de rótula SI 15 ES com classificação de carga dinâmica básica C = 17 kN é selecionado (tabela de produtos). A classificação de carga estática básica é C0 = 37,5 kN e o diâmetro de esfera dk = 22 mm. Para verificar a adequação do tamanho do terminal de rótula usando o diagrama pv 1, calcule os valores da carga específica do rolamento (usando K = 100 da tabela 2)


p = K (P/C) = 100 x (300/695) = 32,4 N/mm2


e a velocidade de deslizamento média (dm = dk = 22 mm)


v = 5,82 x 10-7 dk β f

   = 5,82 x 10-7 x 22 x 15 x 25 = 0,0048 m/s


Os valores de p e v ficam dentro da faixa I de temperaturas operacionais permitidas do diagrama pv 1.


Verificação da carga permitida na caixa de terminal de rótula

C0=37,5 kN
b2=1 (da tabela 3, para temperaturas < 120 °C)
b6
=0,35 (da tabela 7 para terminais de rótula com furo para lubrificação)
Pperm
=C0 b2 b6

=37,5 x 1 x 0,35

=
13,125 kN > P


Os seguintes valores dos fatores são usados para determinar a vida nominal básica da lubrificação inicial somente


b1=2 (carga alternante)
b2=1 (da tabela 3, para temperaturas operacionais < 120 °C)
b3=1,3 (do diagrama 2 para dk = 22 mm)
b4=
1,6 (do diagrama 3 para v = 0,0048 m/s)
b5
=3,7 (do diagrama 4 para β = 15°)
p
=32 N/mm2
v
=0,0048 m/s


Portanto,


Gh = b1 b2 b3 b4 b5 [330 / (p2,5 v)]

     = 2 x 1 x 1,3 x 1,6 x 3,7 x [330 / (322,5 x 0,0048]

     ≈ 177 horas de funcionamento


A vida nominal básica para relubrificação periódica (N = 40 h) com

fβ=5,2 (do diagrama 5)
fH
=1,8 (do diagrama 6 para uma frequência de relubrificação H = Gh/N = 177/40 = 4,4)

GhN = Gh fβ fH = 177 x 5,2 x 2

       ≈ 1.840 horas de funcionamento


A vida nominal básica necessária de 9.000 h não é atingida; sendo assim, é preciso selecionar um terminal de rótula maior. Um terminal de rótula SI 20 ES, com C = 30 kN, C0 = 57 kN e dk = 29 mm é selecionado e o cálculo, repetido.


Os valores da carga específica do rolamento

p = K (P/C) = 100 x (5,5/30) = 18,3 N/mm2


e a velocidade de deslizamento média (dm = dk = 29 mm)


v = 5,82 x 10-7 dk β f

   = 5,82 x 10-7 x 29 x 15 x 25 = 0,0063 m/s


ficam dentro da faixa I permitida. Não é necessário verificar a caixa de terminal de rótula uma vez que a classificação de carga estática básica do terminal de rótula maior é mais elevada. Além disso, como antes

b1 = 2; b2 = 1 e b5 = 3,7


enquanto

b3=1,3 (do diagrama 2 para dk = 29 mm)
b4=
1,8 (do diagrama 3 para v = 0,0063 m/s)

de maneira que


Gh = 2 x 1 x 1,4 x 1,8 x 3,7 x [330 / (18,32,5 x 0,0063]

     ≈ 681 horas de funcionamento


Com fβ = 5,2 (do diagrama 5) e fH = 3,7 (do diagrama 6, para H = 681/40 ≈ 17) a vida nominal básica de relubrificação normal (N = 40 h) torna-se


GhN = Gh fβ fH = 681 x 5,2 x 3,7
≈ 13.100 horas de funcionamento


Portanto, o terminal de rótula maior atende aos requisitos de vida útil nominal.

SKF logo