Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Tamanho do rolamento necessário

Para determinar o tamanho necessário de uma rótula ou terminal de rótula, é necessário conhecer a vida nominal exigida para a aplicação. Isso depende do tipo de máquina, das condições operacionais e das exigências em relação à confiabilidade operacional. As seguintes etapas podem ser usadas para determinar o tamanho do rolamento necessário:
  1. Use os valores de referência da relação de carga C/P fornecida na tabela 1 para obter uma classificação de carga dinâmica básica C necessária. Compare esse valor com a classificação de carga dinâmica básica dos rolamentos listados nas tabelas de produtos.
  2. Para verificar se a combinação de superfícies de contato deslizante do rolamento ou terminal de rótula selecionado pode ser utilizada sob as condições de carga p e velocidade de deslizamento v em questão, use os diagramas pv:
    • para combinação de superfícies de contato deslizante de aço/aço (diagrama 1)
    • para rótulas de aço/aço SKF Explorer (diagrama 2)
    • para combinação de superfícies de contato deslizante de aço/bronze (diagrama 3)
    • para combinação de superfícies de contato deslizante de aço/PTFE de bronze sinterizado (diagrama 4)
    • para rolamentos métricos com combinação de superfícies de contato deslizante de aço/tecido PTFE (diagrama 5)
    • para rolamentos em polegadas com combinação de superfícies de contato deslizante de aço/tecido PTFE (diagrama 6)
    • para combinação de superfícies de contato deslizante de aço/FRP PTFE, modelos FS e FBAS (diagrama 7)
    • para combinação de superfícies de contato deslizante de aço/FRP PTFE, modelo F (diagrama 8)
  3. A carga específica do rolamento p e a velocidade de deslizamento v necessárias para realizar essa verificação podem ser calculadas, conforme explicado nas seções seguintes.
    • Se o diagrama pv indicar que a equação de vida nominal básica pode ser usada, siga para a etapa 4.
    • Se o diagrama pv indicar que a faixa pv foi ultrapassada, selecione um rolamento com uma capacidade de carga mais elevada.
  4. Calcule a Vida nominal básica e prossiga conforme o seguinte:
    • Se a vida nominal calculada for menor que a vida nominal necessária, uma rótula ou terminal de rótula maior deverá ser selecionado e o cálculo, refeito.
    • Se a vida nominal calculada for maior que a vida nominal necessária, uma rótula ou terminal de rótula poderá ser selecionado para a aplicação.
O rolamento ou tamanho do terminal de rótula é normalmente determinado pelas dimensões dos componentes associados. Nesses casos, verifique o diagrama pv para determinar se o produto é adequado.

Carga específica do rolamento

A magnitude da carga específica do rolamento pode ser calculada, usando-se

p = K P/C

onde
p=carga específica do rolamento [N/mm2]
K=fator de carga específica conforme o projeto do rolamento e a combinação de superfícies de contato deslizante (tabela 2) [N/mm2]
P=carga dinâmica equivalente do rolamento [kN]
C=classificação de carga dinâmica básica [kN]

Velocidade média de deslizamento

A velocidade média de deslizamento para movimento constante pode ser calculada usando-se

v = 5,82 × 10-7 dm β f

onde
v=velocidade média de deslizamento [m/s]
Quando a operação é intermitente (não contínua), a velocidade média de deslizamento [m/s] deve ser calculada para um ciclo de operação.
dm=
diâmetro médio do anel interno [mm]
  • para terminais de rótula e rótulas radiais dm = dk
  • para rótulas de contato angular dm = 0,9 dk
  • para rótulas axiais dm = 0,7 dk
  • dk = diâmetro da esfera do anel interno [mm], consulte a tabela de produtos relevante
β=metade do ângulo de oscilação (fig. 1) [graus, °] para rotação, β = 90°
f=frequência de oscilação [min-1], ou velocidade de rotação [r/min]
Para movimento intermitente, o ângulo de oscilação costuma ser indicado por unidade de tempo. Nesse caso, a velocidade média de deslizamento pode ser calculada usando-se

v = 8,73 × 10-6 dm 4β/t

onde
β=metade do ângulo de oscilação (fig. 1) [graus, °]
t=tempo necessário para passar pela oscilação completa [s]
SKF logo