Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

Interfaces do rolamento

Performance and operating conditionsBearing type and arrangementBearing sizeLubricationOperating temperature and speedBearing interfacesBearing executionSealing, mounting and dismounting

Os assentos dos rolamentos em eixos e mancais, bem como os componentes que fixam axialmente um rolamento, têm um impacto significativo no desempenho do rolamento. Para aproveitar a capacidade de carga de um rolamento plenamente, os anéis ou as arruelas deverão estar totalmente apoiados em torno da circunferência completa e em toda a largura da pista. Os assentos dos rolamentos devem ser fabricados conforme as tolerâncias dimensionais e geométricas adequadas e ser contínuos sem canais, furos ou outras características.
Nesta seção, você encontra recomendações e requisitos para projetar interfaces de rolamentos, incluindo:
  • critérios ao selecionar ajustes de rolamentos
  • ajustes recomendados para condições padrão
  • tabelas para ajudar a determinar os valores mínimo, máximo e provável da folga ou interferência entre o rolamento e o respectivo assento
  • recomendações para especificar as tolerâncias geométricas dos assentos dos rolamentos
  • recomendações para o apoio axial dos anéis dos rolamentos
  • considerações adicionais de projeto para as interfaces de rolamentos

O sistema de tolerância ISO

Os ajustes para rolamentos costumam ser especificados com as classes de tolerância padrão para furos e eixos conforme descrito na norma ISO 286-2. Como os rolamentos normalmente são produzidos de acordo com tolerâncias da ISO (→ Tolerâncias), a seleção da classe de tolerância do assento do rolamento determina o ajuste. A fig. 1 ilustra a posição e a largura dos intervalos de tolerância das classes mais utilizadas em relação às tolerâncias de diâmetro externo e de furo do rolamento. A fig. 1 é válida para rolamentos com tolerâncias normais e tamanho médio. É importante observar que as classes de tolerância ISO para rolamentos e para furos e eixos são diferentes. As tolerâncias para cada tamanho variam ao longo de toda a linha de tamanhos reais. Portanto, você deve selecionar as respectivas classes de tolerância para assentos dos rolamentos com base no tamanho real do rolamento para sua aplicação.
SKF logo