Cookies no site da SKF

A SKF usa cookies nos sites para ajustar ao máximo as informações exibidas com as preferências de nossos visitantes, como as opções de país e idioma.

Você aceita o uso de cookies da SKF?

Considerações de projetos

Os rolamentos individuais dos rolamentos de rolos cônicos pareados (fig. 1, fig. 2) devem ser ajustados entre si até que a pré-carga ou folga necessária seja obtida (→Pré-carga do rolamento).
Quando a folga operacional em um arranjo de rolamentos for muito grande, a capacidade de carga de carga dos dois rolamentos não poderá ser totalmente utilizada. Uma pré-carga excessiva aumenta o atrito, que, por sua vez, aumenta a quantidade de calor de atrito e reduz a vida útil do rolamento.

Ajustes

A folga interna axial de rolamentos pareados dispostos em O ou em X (tabela 1) proporciona uma folga operacional apropriada quando os rolamentos forem montados em eixos usinados com:
  • d ≤ 50 mm → m5Ⓔ
  • 50 mm < d ≤ 140 mm → m6Ⓔ
  • 140 mm < d ≤ 200 mm → n6Ⓔ
  • d > 200 mm → p6Ⓔ
A SKF recomenda essas classes de tolerância de assento do eixo para cargas rotativas no anel interno em que P ≤ 0,06 C. Se forem selecionados ajustes mais apertados, certifique-se de que os rolamentos não sejam pré-carregados e possa girar livremente. A redução da folga interna causada por forças de fixação axial também deve ser levada em consideração.
Para cargas estacionárias do anel externo, a SKF recomenda as classes de tolerância para o furo do mancal J6Ⓔ ou H7Ⓔ.

Procedimento de ajuste

Ao ajustar os rolamentos de rolos cônicos pareados, os rolamentos devem ser girados, de modo que os rolos fiquem na posição correta, ou seja, a extremidade maior deve ficar em contato com o flange-guia.
SKF logo