Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

Capacidade de transmissão

A tabela fornece o diâmetro mínimo exigido do cubo (Dcubo) para vários materiais quando a bucha SH está completamente coberta pelo cubo (fig 1).

Exemplo de designação

Bucha com componentes externos entalhados para eixo de 20 mm = SHT 20.

Largura do cubo menor que a bucha

Se a largura do cubo for menor que L (fig 2), o diâmetro do cubo deverá ser multiplicado pelo fator fk obtido no diagrama 1.

Exemplo

Bucha SH SHT 40
Limite de rendimento do material do cubo Rp 0,2 = 200 N/mm2
Largura do cubo Lx = 31,5 mm
O diâmetro mínimo exigido do cubo é obtido da seguinte maneira:
Lx/L = 31,5/45= 0,7
Do diagrama, fk = 1,18
Diâmetro mínimo do cubo = Dhub fk = 89 × 1,18 = 105 mm

Força axial e torque atuando simultaneamente

Se a junta for simultaneamente sujeita a um torque e uma força axial, o torque resultante será obtido através da equação:

MvR = √(Mv2 + (Pax d/2.000)2)

onde

MvR=torque resultante máximo [Nm]
Mv=torque atuante na bucha [Nm]
Pax=força axial atuante na bucha [N]
d=diâmetro do eixo, mm

Exemplo

A bucha SHT 50 é sujeita a uma força axial de 20.000 N e, simultaneamente, a um torque de 500 Nm. O fator da máquina fd é estimado como 1,5.
MvR = √(5002 + (20.000 × 50/2.000)2) = 707 Nm
De acordo com a tabela, o torque máximo para SHT 50 é 1.625 Nm. O torque permitido é:
1.625/1,5 = 1.083 Nm

Transmissão de carga

O torque de deslizamento estático e a força de deslizamento axial máximos são fornecidos na tabela do produto. Com carga dinâmica, a capacidade de transmissão é obtida dividindo-se pelo fator da máquina fd (tabela).
SKF logo